MENU

Adolescentes entram no crime cada vez mais cedo em SP

Adolescentes entram no crime cada vez mais cedo em SP

Atualizado: Quinta-feira, 29 Julho de 2010 as 9:41

O número de crianças envolvidas com a criminalidade aumenta cada vez mais em São Paulo. Entre os adolescentes que são internados na Fundação Casa, o número de jovens só aumenta – são jovens de 12, 13 anos que já estão envolvidos com o crime.

A ficha policial de um adolescente de 15 anos internado em São José o Rio Preto, a 438 km de São Paulo, é extensa – roubos, furtos, tráfico de drogas e tentativa de homicídio. Ele já passou três vezes pela Fundação Casa.

“Comecei a roubar, comecei a usar drogas, traficar, e cada vez aumentando mais. Começou de pouquinho, depois foi aumentando a quantidade de droga”, contou o jovem.

Os 72 menores internados na cidade têm historias parecidas - abandonaram a escola e passaram a praticar delitos no começo da adolescência.

Em todo o estado, há 7.150 adolescentes internados em todo o estado cumprindo medidas socioeducativas. A maioria – 5 mil – têm entre 15 e 17 anos. Mas muitos entraram na criminalidade com 12 e 13 nos. Esse perfil tem preocupado as autoridades.

“Hoje eu tenho recebido adolescente com 12, 13 anos, que pratica homicídio, que pratica latrocínio, o latrocínio é o crime mais bárbaro que nos temos no código penal”, explicou o juiz Osni de Assis Pereira.

veja também