MENU

Advogado recebe pedras em vez do GPS comprado pela internet

Advogado recebe pedras em vez do GPS comprado pela internet

Atualizado: Terça-feira, 9 Novembro de 2010 as 4:09

O advogado Carlos Eduardo Pimentel, de Campinas, foi vítima esta semana do golpe da pedra no lugar do produto comprado pela internet. Ele comprou um GPS ( aparelho de localização via satélite) em um site conhecido nacionalmente. Mas, ao receber a embalagem em casa, encontrou pedras e não o aparelho que pagou.

O advogado disse que já entrou em contato com a empresa que vendeu o produto e espera uma solução para o problema. “Vou esperar a troca, mas se não for feita vou entrar com uma ação”, disse ele. Pimentel afirmou acreditar que o embalador tenha feito a troca, pois recebeu a caixa com nota fiscal de compra.

Se for comprovada que as pedras foram colocadas na empresa, a loja é responsável pelo ressarcimento. Há uma semana, um consumidor de São João da Boa Vista, também no interior paulista, comprou um celular por R$ 260 e recebeu uma pedra quando o pacote chegou pelo correio.

O golpe atingiu outros moradores do estado. A Fundação Procon de São Paulo recebeu mais de 2 mil denúncias de consumidores que tiveram problemas com compras pela internet em 18 dias de funcionamento do Serviço de Atendimento pela internet do órgão.

veja também