MENU

Aeroviários fazem manifestação no Aeroporto de Congonhas

Aeroviários fazem manifestação no Aeroporto de Congonhas

Atualizado: Terça-feira, 23 Novembro de 2010 as 4:02

Uma manifestação de funcionários de transporte aéreo acontece desde as 5h desta terça-feira (23) no saguão do Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital. Os trabalhadores reivindicam aumento salarial de 15% a 30%, segundo o Sindicato dos Aeroviários do Estado de São Paulo. A reivindicação é pacífica e não provocava, até as 11h desta terça, atraso ou cancelamento de voos, disse a Infraero.

Segundo o sindicato da categoria, o protesto é realizado por funcionários de uma empresa que presta serviços para as companhias aéreas. O presidente da entidade, Reginaldo Alves de Souza, disse cerca de 300 pessoas participam da manifestação, que acontece em frente ao check-in. A Infraero, porém, falou em aproximadamente 40 trabalhadores.

O sindicato e a Infraero disseram que o protesto não atrapalha os passageiros. A Infraero disse, ainda, que eles carregam cartazes e fazem discursos.

Aumento de 15% a 30%

De acordo com Souza, os trabalhadores atuam em áreas como a carga e descarga das aeronaves e o auxílio na decolagem dos aviões. "Eles estão recebendo abaixo da média", disse. Segundo ele, o piso desses funcionários gira em torno de R$ 700 a R$ 800. Além dos 30% de aumento sobre o piso, os trabalhadores também pedem aumento de 15% sobre os salários acima do piso.

Segundo Souza, a empresa ainda não respondeu sobre a reivindicação.

O presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores em Transporte Aéreo, Uébio José da Silva, disse que as companhias aéreas estão deslocando funcionários do check-in para repor os trabalhadores que estão paralisados.,

Outros aeroportos

Ainda segundo Uébio, a manifestação acontece também nos principais aeroportos do país, sendo a que a maior delas é a de Congonhas, onde ele também disse que reivindicam cerca de 300 trabalhadores.

A assessoria de imprensa da Infraero disse que, até as 11h30, não havia sido comunicada sobre as manifestações nos demais aeroportos, já que a operação dos voos ocorre normalmente na manhã desta terça.

Em Congonhas, até por volta das 10h30 desta terça, cinco voos estavam atrasados e um havia sido cancelado, o que é considerado dentro do normal, disse a Infraero.    

veja também