MENU

Alagamentos complicam trânsito nas marginais e fecham 4 túneis em SP

Alagamentos complicam trânsito nas marginais e fecham 4 túneis em SP

Atualizado: Quinta-feira, 21 Janeiro de 2010 as 12

Os pontos de alagamento espalhados pela cidade de São Paulo após o temporal que atingiu a cidade na madrugada desta quinta-feira (21) deixaram o trânsito complicado desde o início da manhã. Os motoristas enfrentavam congestionamentos nas marginais Pinheiros e Tietê, que em alguns pontos transbordaram. Além disso, quatro túneis permaneciam fechados.

Na Marginal Tietê, altura da Ponte das Bandeiras, a pista expressa estava bloqueada nos dois sentidos porque a água invadiu a pista. A alternativa para os motoristas era a pista local. Na Ponte Cruzeiro do Sul, um ponto de alagamento impede o acesso, e os motoristas precisam desviar pelas ruas do bairro para voltar à marginal. Outros alagamentos em vias locais dificultavam a passagem pela região.

Na Marginal Pinheiros, o trânsito estava parado desde cedo no sentido Castello Branco, com filas desde a região da Avenida Jornalista Roberto Marinho até a Ponte Cidade Universitária. No sentido Interlagos, um ponto de alagamento um pouco antes da Ponte do Morumbi também dificultava a passagem.

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), quatro túneis permaneciam fechados por causa dos alagamentos nesta manhã: do Vale do Anhangabaú, Tribunal de Justiça, Max Feffer e Ayrton Senna.

Na Zona Sul, a CET também registrava pontos sem fornecimento de energia elétrica nas avenidas Engenheiro Luiz Carlos Berrini e Jornalista Roberto Marinho. A Eletropaulo ainda não tinha informações sobre o que causava a falta de luz.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura de São Paulo, havia 44 pontos de alagamento ativos na cidade no início da manhã, três deles totalmente intransitáveis: na Rua Flórida com a Marginal Pinheiros; Avenida Ermano Marchetti com Avenida José Maria de Faria e Marginal Tietê com a Ponte Atílio Fontana.

A água invadiu os trilhos da Linha 9 da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que não entrou em operação às 4h e só começou a ter trens circulando às 6h, entre as estações Osasco e Jurubatuba. Na Linha 10 o problema foi o mesmo, e os trens circulam apenas entre as estações Rio Grande da Serra e São Caetano.

A  Marginal Tietê permanece em estado de alerta, assim como a região do Ipiranga. A Zona Leste, o restante da região Sudeste e a Marginal Pinheiros permanecem em estado de atenção.

Morte

Um homem morreu no desabamento de uma casa no bairro da Pompéia, Zona Oeste da capital paulista. Desde o começo da madrugada, a região metropolitana sofre com um temporal que alagou avenidas, fechou túneis, bloqueou estradas e provocou, pelo menos, mais três desmoronamentos.

Os bombeiros também atenderam ocorrências de desabamentos na Vila Jaguara e Parque São Domingos, na Zona Oeste, e no Guarapiranga, Zona Sul. Nesses locais, não houve registro de vítimas.

Estradas interditadas

Algumas rodovias que dão acesso à capital paulista também sofrem com o excesso de água. A rodovia Anchieta está parcialmente interditada no km 13, em São Bernardo, no ABC. Ainda sem previsão de liberação.

Já a rodovia Raposo Tavares registra duas interdições. No km 18, em São Paulo, a pista está totalmente interditada devido à queda de barreira na pista sentido capital-interior. O trecho da rodovia em Araçoiaba da Serra, que fica a 117 km da capital está parcialmente interditada no km 118, no sentido capital-interior. Nos dois casos também não há previsão de liberação.

veja também