MENU

Alckmin anuncia a contratação de mais 25 mil professores para SP

Alckmin anuncia a contratação de mais 25 mil professores para SP

Atualizado: Quinta-feira, 10 Fevereiro de 2011 as 2:03

O governador Geraldo Alckmin anunciou nesta quinta-feira (10), a contratação e efetivação de mais 25 mil professores para a rede estadual de ensino de São Paulo. Eles serão chamados no primeiro semestre, vão fazer cursos de preparação no segundo semestre e só vão começar a atuar em 2012. De acordo com a Secretaria Estadual de Educação, a rede terá 9.304 novos professores efetivos neste ano. Ao todo, a rede estadual reúne cerca de 250 mil professores.     Alckmin participou de uma cerimônia que marcou o início do ano letivo de 2011. Em uma aula inaugural nem uma escola estadual no bairro do Jaguaré, Zona Oeste de São Paulo, o governador, que é médico, mostrou o funcionamento do corpo humano.

Quatro milhões e meio de alunos voltam às aulas nas 5.217 escolas da rede estadual de São Paulo nesta quinta-feira (10). Segundo o governo, foram investidos quase R$ 300 milhões em reformas, distribuição de kits de material escolar, livros didáticos, alimentos e repasse de verbas para merenda escolar.

O secretário de Educação, Herman Voorwald, disse que a proposta de criação de um novo ciclo para o ensino fundamental do estado será debatido com os professores da rede. Pelo sistema de progressão continuada, o aluno só pode ser reprovado no 5º e no 9º ano do ensino fundamental. O sistema foi implantado em 1997 no estado de São Paulo com o objetivo de garantir o acesso e a permanência dos estudantes na escola, evitando a evasão.

Na proposta do governo, o aluno poderá ser reprovado no 3º, 5º e 9º ano do ensino funamental. “A progressão continuada surgiu com objetivo de fazer com que o estudante no ciclo tenha a possibilidade de recuperação”, explica Voorwald. “A intenção é que haja mais um ciclo, de três, dois e quatro anos. A estratégia é de dar recuperação a tempo. O que faltou até agora é se possibilitar que o aluno que não aproveitou o conteúdo tenha a recuperação na sequência. Os professores vão fazer avaliação no bimestre e, em não aprendendo o conteúdo, já possa fazer a recuperação. “    

veja também