MENU

Alckmin e Perillo afirmam que não farão oposição ao governo federal

Alckmin e Perillo afirmam que não farão oposição ao governo federal

Atualizado: Sexta-feira, 4 Fevereiro de 2011 as 12:46

Fazer oposição ao governo federal do PT não está nos planos dos governadores de São Paulo, Geraldo Alckmin, e Marconi Perillo, de Goiás, ambos do PSDB. Em entrevista a jornalistas nesta sexta-feira (4) após um café da manhã no Palácio dos Bandeirantes, no Morumbi, Zona Sul de São Paulo, os tucanos disseram que seu papel é trabalhar de maneira articulada e com cooperação com as prefeituras e o governo federal, não importando os partidos que eles representam.

“Eu tenho uma tese de que governo não faz oposição ao governo. Nós fomos eleitos para cumprir nossos programas de governo, todos nós temos nossos planejamentos estratégicos, não vamos virar as costas para os prefeitos que eventualmente estejam em partidos considerados adversários”, disse Perillo após o encontro com o governador de São Paulo. “A responsabilidade de governar é comum da presidenta, dos governadores e dos prefeitos. Cabe à instancia partidária e aos parlamentares exercer esse papel de critica de oposição.”     Alckmin também afirmou, de maneira menos enfática, que o mais importante é governar em sistema de cooperação. “O trabalho de quem é eleito governador é governar, governar bem e trabalhar de maneira articulada. O Brasil é uma república federativa, o que caracteriza a federação é a cooperação. Nós vamos trabalhar junto com os prefeitos, independentemente da sigla partidária, e com o governo federal”, disse o governador de São Paulo.

Alckmin recebeu Perillo na sede do governo estadual para tratar de possíveis cooperações entre os dois estados governados pelo PSDB. Nenhuma parceria concreta, entretanto, foi divulgada.    

veja também