MENU

Alckmin sanciona lei que reajusta salários de professores de SP

Alckmin sanciona lei que reajusta salários de professores de SP

Atualizado: Quarta-feira, 13 Julho de 2011 as 1:46

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, sancionou lei que autoriza aumento de 42,2% no salário-base de professores, funcionários do quadro do magistério (diretores, supervisores) e do quadro de apoio para os próximos quatro anos. A sanção foi publicada no Diário Oficial do estado na terça-feira (12). O reajuste beneficia 374 mil profissionais ativos e inativos, segundo o governo do estado.   O reajuste, que valerá a partir da data retroativa de 1º de junho, é de 13,8% em 2011. O salário de um professor em início de carreira, que trabalha 40 horas semanais, passará de R$ 1.665 para R$ 1.894. A nova política salarial para a categoria prevê, em 2012, o aumento de 10,2%. Em 2013, o reajuste previsto é de 6% e, em 2014, de 7%.

Como o reajuste incide sobre o salário-base, funcionários inativos também serão beneficiados. A nova política salarial para funcionários do setor foi definida após uma série de encontros do secretário da Educação, Herman Voorwald, com professores e dirigentes de escolas de todo o estado.          

veja também