Alerj aprova a permanência das UPPs por 25 anos

Alerj aprova a permanência das UPPs por 25 anos

Atualizado: Quarta-feira, 22 Dezembro de 2010 as 8:50

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta terça-feira (21) o projeto de lei que determina a permanência das UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) por 25 anos, com a oferta pelo Estado de projetos sociais que promovam a inclusão social nas comunidades atendidas pelo programa.

O projeto (abaixo), que vai a sanção do governador, dá estabilidade jurídica ao programa das UPPs e, assim, garante por lei a continuidade desta política de combate ao tráfico e, por consequência, a segurança dos moradores que colaboram com a polícia.

De acordo com o autor do projeto, o deputado estadual Alessando Molon, a lei garante que a presença da polícia recupere espaços para o Estado.

- Meu objetivo com o projeto é transformar as UPPs em política de Estado para que o Rio mantenha e aperfeiçoe este modelo, já que outras boas iniciativas se perderam pela descontinuidade.    

veja também