MENU

Alice Braga, sobre beijar o galã Jude Law: "Ele é um ator como outro qualquer"

Alice Braga, sobre beijar o galã Jude Law: "Ele é um ator como outro qualquer"

Atualizado: Terça-feira, 9 Fevereiro de 2010 as 12

A atriz Alice Braga, que este ano estreia três filmes - Repo Man , o remake de Predador e o brasileiro Cabeça a Prêmio -, quer muito mais. Está nos planos da estrela, de 26 anos, um contato mais próximo com o público brasileiro, a partir de agora.

De passagem pelo Rio, Alice recebeu nesta segunda-feira (8) o R7 para uma entrevista exclusiva na suíte do hotel Santa Teresa, na zona sul da cidade, durante lançamento da nova temporada do programa Superbonita, do canal GNT. Ela assume, por pelo menos um ano, o comando da atração, antes apresentada por Thaís Araújo.

Muito simpática, ela ficou preocupada se a reportagem iria acompanhar o seu ritmo "acelerado" por ela não parar de falar. Ao R7 , ela contou sobre o novo desafio, a carreira, a relação com a tia famosa Sônia Braga e o desejo de, quem sabe, em breve, fazer uma novela brasileira.

R7 - Por que você aceitou esse convite para ser apresentadora do Superbonita? Qual é o desafio?

Alice Braga - Nunca fiz TV. Apesar de não ser uma personagem posso agregar coisas diferentes. Quero ter um contato maior com o público brasileiro. É um programa que fala da beleza natural, que acredita que a beleza está dentro da mulher.

R7 - Vocé é vaidosa? Faz o quê para cuidar do corpo?

Alice Braga - Eu não sou vaidosa de maquiagem, mas adoro estar com a minha sobrancelha com o desenho certo. Eu sou mais de cuidar do corpo, de fazer esportes. Eu corro, faço ioga e remo. Agora, por exemplo, eu não estava fazendo nada, mas quero voltar logo. Acredita que nunca remei na Lagoa Rodrigo de Freitas (no Rio)? Quem sabe agora eu consiga?

R7 - Qual é o seu próximo trabalho no cinema?

Alice Braga - Não tenho nada certo ainda, mas vou lançar três filmes este ano: Repo Man , a nova versão de Predador e Cabeça a Prêmio , de Marco Ricca.

R7 - Falando em Repo Man , o longa no qual você beijou o Jude Law, como foram as cenas calientes com um dos astros mais desejados do mundo?

Alice Braga - Não teve cena caliente. Ele é um ator como qualquer outro. Ele fica focado no trabalho, vive aquele momento. Fizemos um casal apaixonado. Ele é um super ator. Foi bom trocar figurinha com ele. É impressionante! Toda jornalista que me entrevista pergunta isso! Por que ninguém me pergunta como foi beijar o Wagner Moura, o Will Smith? (risos).

R7 - E o que te levou a aceitar a participar do remake de Predador ? Esse gênero de ficção científica é uma novidade na sua carreira?

Alice Braga  - Primeiro foi o convite do produtor Robert Rodrigues, que já conhecia o meu trabalho, e depois por ser um clássico com muitos fãs. Nem eu, nem o Adrien Brody (vencedor do Oscar de melhor ator com O Pianista ), que faz o papel que foi do Arnold Schwarzenegger tínhamos feito esse tipo de filme de ação. Pareceu um jogo de videogame, onde éramos um monte de crianças correndo de monstros na floresta.

R7 - Qual é o critério que você usa para escolher as suas personagens?

Alice Braga - Não tem muito critério. Gosto do que me desafia. Do que me dá vontade de me jogar nos projetos.

R7 - Com qual diretor, ator ou atriz gostaria de trabalhar?

Alice Braga - Adoro a Leandra Leal, a Débora Falabella e o Daniel Oliveira. Eles são a cara dessa nova geração de atores. A Leandra Leal, então, tenho grande admiração por ela. Ela tem uma força. Ela faz cinema, teatro e TV.

R7 - Sua tia é a Sônia Braga. Ela lhe dá conselhos?

Alice Braga  - Não tenho muito contato com ela, mas tenho muito orgulho. Ela é um ícone brasileiro, mas nossas carreiras foram em momentos diferentes do cinema nacional. Ela não me dá conselhos. Pego dicas com a minha mãe, Ana Braga, que já foi atriz e hoje trabalha mais com publicidade.

R7 - Para finalizar, você está sempre envolvida com cinema, mas toparia deixar os filmes de lado por um tempo para atuar em uma novela brasileira?

Alice Braga - Nunca fiz novela e teatro. Adoraria fazer. São duas linguagens diferentes. Não fiz novela até agora porque não deu, mas adoraria.

veja também