MENU

Alunos da USP cobram iluminação e mais vigilantes em carta aberta

Alunos da USP cobram iluminação e mais vigilantes em carta aberta

Atualizado: Quinta-feira, 19 Maio de 2011 as 2:43

Estudantes da Faculdade de Economia e Administração (FEA) da Universidade de São Paulo (USP) entregaram uma carta aberta à reitoria da universidade lamentando a morte do estudante Felipe Ramos de Paiva, de 24 anos, ocorrida na noite de quarta-feira (18).

O protesto foi realizado na manhã desta quinta-feira (19). O texto apresentado pelos estudantes diz que é preciso melhorar a iluminação em todos os pontos do campus e também diz que faltam vigilantes no campus.

Veja abaixo a reprodução da carta:

Íntegra da carta entregue por alunos da FEA para a reitoria da USP (Foto: Juliana Cardilli/G1)

  Nesta quinta-feira (19), o major José Luiz de Souza, comandante interino do 16º Batalhão da Polícia Militar, disse que a intensificação do policiamento dentro da Universidade de São Paulo (USP), que ocorre desde 25 de abril, provocou a redução de crimes como furto e roubos no campus. 

A presença da Polícia Militar provoca polêmica e divide a opinião de alunos. Em 2009, alunos contestaram a presença da Polícia Militar na Cidade Universitária, a pedido da reitora Suely Vilela, para cumprir uma ordem judicial de reintegração de posse em razão de piquetes que impediam a entrada de funcionários no prédio da Reitoria. Os servidores e alunos criticavam a presença da PM afirmando que ela feria a "autonomia universitária".        

veja também