MENU

Alunos estão assustados após arma ser levada a aula no CE

Alunos estão assustados após arma ser levada a aula no CE

Atualizado: Quarta-feira, 28 Setembro de 2011 as 2:59

A diretora da Escola Estadual Amália Xavier, em Juazeiro do Norte, Sul do Ceará, afirmou nesta quarta-feira (28) que os alunos estão assustados um dia após um aluno ter entrado armado com uma pistola e ter ameaçado dois colegas. A diretora não quis gravar entrevista, mas informou à equipe de reportagem da TV Verdes Mares Cariri que pais dos alunos procuraram a diretoria da escola para saber se os filhos correm algum risco. A escola teve aula nesta quarta-feira e a escola ficou de portas fechadas, segundo a diretora, como norma de segurança. Não havia vigilância na escola, como a diretora havia prometido para esta quarta-feira. A diretoria da escola afirma que a partir desta quinta-feira (28) uma empresa particular de vigilância fará a segurança 24 horas no local.

A diretora informou também que alguns pais de alunos matriculados na escola Amália Xavier pediram a expulsão do adolescente de 16 anos que levou uma pistola calibre 765. A titular Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação do Estado do Ceará (Crede), Edna Belém, diz que o aluno será transferido. "É ser prudente numa situação dessas. Vamos pedir transferência para uma unidade onde ele não vai estar envolvido com as mesmas situações nem seja discriminado de alguma forma", diz Edna.   De acordo com o policial do Ronda do Quarteirão Edvan Rodrigues, o aluno levou a pistola para a escola e afirmou em depoimento que iria usar a arma contra dois colegas por vingança, depois de uma briga. Ainda de acordo com o policial, o aluno afirmou que comprou a arma por R$ 700 em uma feira na cidade de Juazeiro do Norte. A polícia acredita que a versão do aluno para a aquisição da arma é uma tentativa de ocultar o fato real. Para a polícia, o valor de R$ 700 é alta para uma estudante de escola pública.

A coordenadora do Crede diz que o aluno tinha bom relacionamento na escola e tinha boas notas, mas mudou de comportamento nos últimos dias. A mãe do aluno que levou a arma à escola, Francisca Cristina de Jesus, também reconhece a mudança no comportamento. "Ele anda muito nervoso. No colégio todo mundo admirava ele, mas de uns dia pra cá ele está desse jeito", afirma a mãe.

O aluno flagrado com a arma segue apreendido na delegacia regional de Juazeiro do Norte acompanhado da Justiça e a polícia investiga de quem ele adquiriu a arma.          

veja também