Ambulâncias novas do Samu estão paradas no interior de São Paulo

Ambulâncias novas do Samu estão paradas no interior de São Paulo

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:28

Do G1 SP, com informações do Bom Dia Brasil

imprimir O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) tem dezenas ambulâncias novas em cidades do interior de São Paulo que ainda não estão em funcionamento. Cada Prefeitura recebe do Ministério da Saúde R$ 12,5 mil por mês para manutenção das ambulâncias, mas o Ministério afirmou que o repasse só acontece se o serviço estiver funcionando. O problema foi mostrado nesta sexta-feira (2) em reportagem do Bom Dia Brasil .

Em Itapeva, a 270 quilômetros de São Paulo, sete ambulâncias doadas pelo Ministério da Saúde no ano passado estão cheias de poeira. Cada uma custou mais de R$ 100 mil. O equipamento é moderno, mas a população não tem acesso. Na região de Itapeva, o prédio do Samu passa por reformas e a previsão é que apenas em janeiro de 2012 as ambulâncias estejam nas ruas.

Segundo o secretário de Saúde de cidade, Marco André de Oliveira, aconteceram problemas de repasse do recurso para poder realizar a licitação e a construção do Samu, com verbas do Ministério da Saúde.

Na região de Sorocaba, são 13 ambulâncias novas, equipadas e que nunca socorreram ninguém. Elas estão paradas há um ano e vão continuar estacionadas pelos próximos meses. Só vão sair das garagens se houver um entendimento entre os secretários municipais de Saúde, que pretendem formar o Samu regional.

As cidades menores não têm condições de manter sozinhas o serviço móvel de urgência. Alegam que sai caro pagar enfermeiros e médicos. Por isso, precisam se unir para dividir os custos.

De acordo com o secretário de Saúde de Sorocaba, Ademir Watanabe, o tempo de espera é necessário. “Acho que é o tempo necessário para que todas as cidades estejam completamente habilitadas e legalizadas para funcionar o Samu regional”, afirmou.        

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições