América Central e Caribe querem ampliar parcerias com o Brasil

América Central e Caribe querem ampliar parcerias com o Brasil

Atualizado: Quarta-feira, 8 Outubro de 2008 as 12

América Central e Caribe querem ampliar parcerias com o Brasil

Termina hoje, dia 7 de outubro, a 1ª Reunião do Mecanismo Permanente de Consulta Política Brasil - Sistema da Integração Centro-Americana (Sica). Os debates começaram às 10h, no Hotel Marriott, no Rio.

O objetivo é aprofundar o relacionamento entre o Brasil e a América Central e o Caribe, por meio do reforço da cooperação técnica, da dinamização das relações comerciais e da intensificação do diálogo político sobre temas de interesse comum, como a produção de biocombustíveis e a ampliação dos programas de combate à fome e à pobreza.

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, e o secretário-geral do Sica, Aníbal Quiñonez, assinam, durante a reunião, o Acordo de Adesão do Brasil como Observador Regional do Sica, em cumprimento à decisão tomada na Cúpula de El Salvador.

O Mecanismo Permanente de Consulta foi criado durante a Cúpula de Chefes de Estado e de Governo Brasil, realizada em El Salvador em 29 de maio deste ano. Formado em 1991, o Sica é integrado por Belize, Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá e, na condição de Estado Associado, República Dominicana.

veja também