Anestesistas de São Paulo vão interromper o trabalho no próximo dia 21

Anestesistas de São Paulo vão interromper o trabalho no próximo dia 21

Atualizado: Sexta-feira, 15 Outubro de 2010 as 9:32

A Sociedade de Anestesiologia do Estado de São Paulo (Saesp) convocou hoje (14) uma interrupção nos trabalhos de todos os anestesistas do estado para o próximo dia 21. A entidade lançou também uma ampla campanha publicitária pela valorização do médico anestesista. A Saesp pretende chamar a atenção para o baixo repasse dos convênios e operadoras de saúde aos anestesistas.  

Segundo o presidente da entidade, Desiré Callegari, apesar de os planos de saúde terem aumento de cerca de 140% nos últimos 11 anos, os anestesistas receberam apenas 60% de aumento dos repasses no período. A manifestação pretende ainda chamar atenção para a falta de equipamentos adequados para o procedimento da anestesia em alguns hospitais.

“O anestesista é uma classe que está, aos poucos, se retraindo. Não compensa hoje você se expôr tanto em seu procedimento. Quando você faz uma anestesia, você está se expondo do ponto de vista ético e legal. Se você não realizar a contento, existe complicações que podem induzir ao erro médico”.

Segundo a Saesp, um médico anestesista recebe hoje R$ 105,00 dos convênios médicos para fazer uma cesariana. Se o processo fosse particular, o valor seria, em média, em torno de R$ 1,5 mil. 

A paralisação dos anestesistas não afetará, segundo a Saesp, as operações de urgência ou emergência.

veja também