MENU

Aos 84 anos, morre em Brasília jornalista e poeta Reynaldo Jardim

Aos 84 anos, morre em Brasília jornalista e poeta Reynaldo Jardim

Atualizado: Quarta-feira, 2 Fevereiro de 2011 as 1:21

O jornalista e poeta Reynaldo Jardim morreu por volta das 23h30 desta terça-feira (1) no Hospital do Coração de Brasília, onde estava internado. A assessoria de imprensa do hospital informou que a causa da morte foi rompimento de um aneurisma na artéria aorta.

Reynaldo Jardim nasceu em São Paulo, tinha 84 anos, e residia com a mulher e os três filhos, em Brasília. O velório será realizado no Teatro Nacional Cláudio Santoro e o enterro, ainda nesta quarta-feira no cemitério Campo da Esperança, na capital federal.

Perfil

Nos anos 60, o jornalista Reynaldo Jardim foi diretor de telejornalismo da TV Globo, inaugurada em abril de 1965.

Antes, havia criado, nos anos 50, o "Suplemento Dominical do Jornal do Brasil", que mais tarde deu origem ao suplemento cultural "Caderno B". Em 1964, deixou o "Jornal do Brasil" e tornou-se diretor da revista "Senhor". Também criou o jornal "O Sol".

Como poeta, Reynaldo Jardim deixou os livros "Paixão segundo Barrabas", "Maria Bethânia Guerreira Guerrilha", "Joana em flor", "Viva o Dia" e "Cantares Prazeres".

Seu último livro, publicado em 2010 ("Sangradas Escrituras"), ficou em segundo lugar na categoria Poesia do 52º Prêmio Jabuti. A obra traz uma compilação de 64 anos de trajetória reunida em 1.200 páginas de poemas.    

veja também