MENU

Após confusão, Teresópolis recebe mais mil aluguéis sociais do estado

Após confusão, Teresópolis recebe mais mil aluguéis sociais do estado

Atualizado: Segunda-feira, 31 Janeiro de 2011 as 3:25

Um princípio de tumulto ocorreu, na manhã desta segunda-feira (31), em frente à Prefeitura de Teresópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro. Cerca de 500 pessoas, que foram se cadastrar na Secretaria de Desenvolvimento Social para receber o benefício do aluguel social, ficaram revoltadas ao serem informadas que as inscrições encerraram-se na sexta-feira (28). A multidão tentou fazer uma manifestação em frente à prefeitura, mas foi contida com a chegada de policiais militares e homens da Força Nacional de Segurança.

Os manifestantes foram levados para o Teatro Municipal de Teresópolis, que fica no prédio da prefeitura. Enquanto isso, o prefeito da cidade, Jorge Mário Sedlacek, após uma negociação com o governador Sérgio Cabral, conseguiu mais mil benefícios do aluguel social. Imediatamente, de acordo com a assessoria da prefeitura, a multidão foi levada do Teatro Municipal para o Ginásio Pedrão, onde está sendo realizado o cadastramento.

De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, 6.727 pessoas estão desabrigadas e 9.110, desalojadas após as enchentes e deslizamentos que deixaram mais de 300 mortos no município. Em toda a Região Serrana, mais de 800 pessoas morreram . Até sexta, foram concedidos 2,5 mil aluguéis sociais para famílias da cidade.

Ainda de acordo com a assessori, o prefeito vai tentar conseguir mais benefícios. Entretanto, a assessoria não soube precisar o número exato de aluguéis sociais a mais que vão ser solicitados.

Secretário de Teresópolis quer cadastrar 5 mil famílias

Nesta segunda, o secretário de Desenvolvimento Social de Teresópolis, Rudimar Caberlon, vai apresentar ao secretário estadual de Assistência Social e Direitos Humanos, Rodrigo Neves, uma proposta de ampliar para 5 mil, ao todo, o número de famílias beneficiadas pelo aluguel social . “Já conversei com o prefeito Jorge Mario e constatamos a necessidade de dobrar o número de famílias”, afirmou Caberlon.

De acordo com a assessoria da prefeitura, o governador Sergio Cabral anunciou que 6 mil famílias receberão o aluguel social no valor de R$ 500, por 12 meses, em Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo. A previsão é pagar a primeira parcela do benefício em fevereiro. Ao longo do ano, as famílias vão ser inseridas nos programas habitacionais desenvolvidos pelas prefeituras, com apoio dos governos estadual e federal.    

veja também