Após disputa no CNJ, presidente do TST toma posse

Após disputa no CNJ, presidente do TST toma posse

Atualizado: Quinta-feira, 3 Março de 2011 as 9:38

O ministro João Oreste Dalazen tomou posse nesta quarta-feira como presidente do TST (Tribunal Superior do Trabalho) para um mandato de dois anos.

Também foram empossados a ministra Maria Cristina Irigoyen Peduzzi como vice-presidente do tribunal e o ministro Antônio José de Barros Levenhagen como corregedor-geral da Justiça do Trabalho.

A posse de Dalazen acontece depois de uma disputa no CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

Por decisão da corregedora do CNJ, ministra Eliana Calmon, a escolha do ministro foi suspensa a pedido da Anamatra (Associação Nacional de Magistrados do Trabalho).

A entidade argumentava que a Lei da Magistratura torna Dalazen inelegível porque ele ocupa cargos de direção do TST há mais de quatro anos. Ele foi corregedor (2007-2009) e vice-presidente (2009-2011) do tribunal.

No entanto, na sexta-feira passada, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Dias Toffoli suspendeu decisão do CNJ que impedia.

Dias Toffoli encontrou problemas formais no procedimento administrativo do CNJ.

veja também