MENU

Após implosão na Sapucaí, Comlurb vai remover entulho e lixo no Centro

Após implosão na Sapucaí, Comlurb vai remover entulho e lixo no Centro

Atualizado: Segunda-feira, 6 Junho de 2011 as 9:18

Após a implosão da antiga fábrica de uma cervejaria, no Centro do Rio, agentes da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) começam, nesta segunda-feira (6), a remoção do entulho e lixo na região. Quatro prédios foram implodidos na manhã de domingo (5). O objetivo é ampliar o Sambódromo para o carnaval de 2012.

De acordo com o Centro de Operações da prefeitura da cidade, as doze ruas e avenidas próximas à Marquês de Sapucaí que estavam interditadas, foram liberadas ao tráfego ainda no domingo.

Segundo a prefeitura, o Sambódromo terá novos camarotes e arquibancadas. A obra vai resgatar o projeto original do arquiteto Oscar Niemeyer, que previa um equilíbrio entre os dois lados da Marquês de Sapucaí. Todo o material implodido será reaproveitado.     Obra pronta até dezembro

Na manhã de domingo (5), o prefeito do Rio, Eduardo Paes, que participou da implosão afirmou que até dezembro a obra deve estar pronta, para que as escolas de samba possam realizar os ensaios técnicos no local. Ele acredita que toda a região do entorno vai passar por um processo natural de revitalização a partir da modernização do Sambódromo.

"Essa região do Rio passa a ganhar um elemento naturístico com qualificação para realização do maior show do planeta que é o carnaval", disse ele.

A reforma atende também ao compromisso da cidade com os Jogos Olímpicos de 2016 e prevê adaptações para a realização das provas de maratona (chegada) e tiro com arco. Com a ampliação, a capacidade de público vai aumentar de 60 mil para 77.688 pessoas.          

veja também