MENU

Após morte de parapente, clube de voo livre fecha por 3 dias

Após morte de parapente, clube de voo livre fecha por 3 dias

Atualizado: Segunda-feira, 26 Março de 2012 as 11:02

O Clube São Conrado de Voo Livre, que realizou o voo de parapente que terminou com a morte de Priscila Boliveira na tarde de domingo, vai ficar fechado por pelo menos três dias, de luto. Em nota, o clube disse que o acidente foi uma fatalidade. Segundo o Clube São Conrado, os instrutores recebem rigoroso treinamento, são experientes e cumprem normas de segurança.

Segundo depoimento do instrutor que realizou o voo e não se feriu, Priscila Boliveira, que é irmã do ator da TV Globo Fabrício Boliveira - que atuou nas novelas 'A Favorita' e 'Sinhá Moça' e no filme 'Tropa de Elite' -, escorregou do parapente, apesar do instrutor ter tentado segurá-la. Ainda não há informações dos motivos que levaram a garota, que passava férias no Rio de Janeiro, a se soltar dos equipamentos de segurança.

De acordo com testemunhas, Priscila caiu de uma altura de aproximadamente 15 m nas imediações da Praia do Pepino, em São Conrado, onde familiares aguardavam por ela após voo duplo.

veja também