MENU

Após mortes em curtume, empresa é multada em R$ 1 mi

Após mortes em curtume, empresa é multada em R$ 1 mi

Atualizado: Quarta-feira, 1 Fevereiro de 2012 as 11:37

A Polícia Militar Ambiental de Bataguassu, a 330 km de Campo Grande (MS), multou na terça-feira a empresa Marfrig Alimentos em R$ 1 milhão após a morte de quatro funcionários e intoxicação de outros 16 em um acidente na unidade de curtume. Um inquérito também foi aberto pela Polícia Civil para apurar possíveis responsabilidades pelo caso.

A empresa tem 20 dias para recorrer da decisão. De acordo com informações preliminares, a reação química ocorreu no descarregamento de insumos realizado por uma empresa terceirizada. O Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) também abriu um processo administrativo para investigar o caso.

Três funcionários da empresa permanecem internados na Santa Casa de Misericórdia de Presidente Prudente. De acordo com nota divulgada pela Marfrig na manhã desta quarta-feira, Vinícius Alcântara Gartiner, Sidney da Silva Vitório e Leonardo Oliveira Silva apresentam quadro estável, sem risco de morte.

Os corpos de Edimar Felisbino da Silva e Marcus Vinicius da Silva Melo serão sepultados hoje às 14h no Parque Araçá, em Bataguassu. O corpo de Waldir Henrique Raimundo foi levado para Lins (SP) e o de Karl Matheus Luft seguiu hoje para o aeroporto de Novo Hamburgo (RS), com destino a Estância Velha (RS).

veja também