MENU

Após reunião, greve de ônibus chega ao fim na Zona Leste de SP

Após reunião, greve de ônibus chega ao fim na Zona Leste de SP

Atualizado: Terça-feira, 1 Fevereiro de 2011 as 2:52

Funcionários da garagem 2 da Viação Himalaia e representantes da empresa entraram em acordo durante uma reunião que terminou no início da tarde desta terça-feira (1º), colocando fim à greve que começou na tarde desta segunda-feira (31). Os ônibus devem voltar a circular às 14h30, de acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo (SP Urbanuss) e com  o Sindmotoristas, que representa os motoristas do estado de São Paulo.

No total, 305 ônibus que servem 30 linhas não saíram para as ruas nesta manhã. Cerca de 1,2 mil funcionários ficaram sem trabalhar. A empresa faz a ligação entre as regiões de São Mateus e Cidade Tiradentes ao Parque Dom Pedro, no Centro, e a estações de Metrô. A espera por um ônibus chegou a duas horas nas proximidades do Terminal São Mateus, na Zona Leste.  

Segundo motoristas e cobradores ouvidos pelo G1 , a Viação Himalaia foi comprada pela Viação Nova Horizonte, que pretendia incorporar os trabalhadores automaticamente, sem o pagamento da rescisão contratual.

Segundo o SP Urbanuss, não haverá alteração nos contratos de trabalhos dos empregados da Viação Himalaia. Como haverá mudança na composição societária da empresa, os motoristas insatisfeitos poderão solicitar a rescisão contratual e o pagamento dos direitos trabalhistas relativos ao tempo trabalhado.

A Viação Himalaia se comprometeu em pagar as horas paradas mediante o retorno às atividades na tarde desta terça-feira.

O Sindmotoristas aprovou o acordo. “Na nossa avaliação, foi ótimo [o acordo] porque tivemos a garantia de emprego preservada. A categoria temia perder o emprego e os direitos trabalhistas”, afirmou o diretor do Sindmotoristas, José Sebastião Marques da Costa, que participou da reunião.    

veja também