MENU

Após roubo em shopping, dois são detidos

Após roubo em shopping, dois são detidos

Atualizado: Terça-feira, 26 Novembro de 2013 as 6

foto_6
A Polícia Militar (PM) localizou e deteve, na noite desta segunda-feira (25), dois suspeitos de integrarem o grupo que assaltou e aterrorizou um shopping na Zona Sul de São Paulo, informou a Polícia Civil.
Um adolescente e um adulto foram detidos na Favela Pantanal, em Cidade Ademar, também região Sul da capital paulista. Com eles, a PM apreendeu parte dos objetos que teriam sido roubados de uma loja de artigos para surfe, como óculos, bonés, tênis, jaquetas, entre outras mercadorias.
 
Os dois suspeitos foram levados ao 16º DP (Vila Clementino).
O assalto ao Shopping Plaza Sul, na Saúde, ocorreu por volta das 17h30. O alvo foi uma loja no andar térreo.
 
Um policial militar à paisana acabou atingido por um tiro já do lado de fora do shopping, ao tentar impedir a fuga dos ladrões. Segundo a PM, o disparo atingiu a cabeça do homem de raspão e ele passa bem.
O crime ocorreu em uma loja que vende artigos de surfe no shopping. Seis criminosos entraram no estabelecimento, que fica próximo a uma das entradas principais do Plaza Sul. Quatro deles estavam armados, segundo a testemunha. Eles levaram óculos, acessórios e dinheiro dos clientes que estavam na loja.
 
Depois, fugiram e encontraram o policial à paisana, que acabou atingido por um tiro ao tentar impedir que os criminosos fugissem.
 
Segundo o capitão João Alves Cangerana Júnior, do 3º Batalhão da PM, após atirar no policial, dois criminosos correram em direção a um supermercado próximo e os outros quatro para dentro do shopping.
Os PMs fecharam todas as entradas para vasculhar o shopping, mas não conseguiram localizar os suspeitos. Algumas pessoas que saíram do estabelecimento chegaram a ser revistadas.
No começo da noite, carros da Polícia Civil e de equipes da PM permaneciam na entrada do shopping e faziam buscas nas ruas da região. Dois helicópteros da PM foram deslocados para a Zona Sul. Uma das aeronaves teria sido enviada para socorrer o policial baleado. O ferido foi levado para o Hospital São Paulo.
 
Susto e correria
O gerente do Burguer King Edcarlos Laureano da Cunha, de 18 anos, disse que na hora do roubo estava em outra loja.
Ao ouvir os tiros, disse ter se escondido debaixo do balcão e ligado para o pai, que é segurança no Plaza Sul. "Na hora, fiquei preocupado com meu pai." Segundo Cunha, o pai não ficou ferido na ação.
 

veja também