MENU

Após surto de gripe A no Ceará, PB distribui doses de antiviral

Após surto de gripe A no Ceará, PB distribui doses de antiviral

Atualizado: Quarta-feira, 7 Dezembro de 2011 as 12:58

A Secretaria de Saúde da Paraíba divulgou uma nota na terça-feira (6) negando a existência de casos de gripe A (H1N1) no estado. A gerente executiva de Vigilância em Saúde, Júlia Vaz, se pronunciou depois que moradores de Sousa, no Sertão, procuraram serviços de saúde da cidade por medo de serem infectados por turistas vindos do Ceará. Na segunda-feira (5), o estado vizinho confirmou 19 casos da doença. Apesar das suspeitas na Paraíba terem sido descartadas, o órgão deixou em Sousa doses do antiviral Tamiflu, em caso de emergência.

De acordo com Júlia Vaz, a preocupação começou na semana passada, depois que dez pessoas oriundas do município de Pedra Branca, no Ceará, participaram de uma vaquejada em Sousa. Elas procuram o serviço de saúde, se identificaram, falaram sobre o surto da doença na cidade e perguntaram se precisariam ser submetidas a algum procedimento extra.

Conforme a gerente, no mesmo dia a Secretaria enviou para Sousa técnicos do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) e do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs). No processo de investigação, ficou constatado que não existia nenhuma pessoa com sintomas da gripe e que não havia nenhum risco de transmissão da doença no município.

Júlia explicou que H1N1 só é transmitida mediante a presença de um portador da doença. "No caso de Sousa, como não havia portadores, não teve risco de transmissão. Mesmo assim, pela ocorrência da vaquejada, quando aconteceria a concentração de pessoas de várias localidades, a Secretaria Municipal de Saúde foi orientada a manter a vigilância para qualquer caso suspeito de influenza. A SES, inclusive, entregou ao município tratamentos de tamiflu, para qualquer emergência que viesse a acontecer”, finalizou.

Surto no Ceará

A Secretaria de Saúde do Estado confirmou nesta semana a existência de 19 casos de gripe A H1N1 no Ceará. Foram registrados 17 casos no município de Pedra Branca, um em Boa Viagem e um em Quixadá. De acordo com a Secretaria, todos os casos que surgiram até agora de gripe A foram leves e moderados e têm relação com Pedra Branca, município de origem do surto.

O tratamento de todos os casos notificados independe do resultado dos exames. Os pacientes suspeitos com sintomas respiratórios da doença estão iniciando imediatamente o tratamento com tamiflu mesmo sem a confirmação de exames laboratoriais, de acordo com a Secretaria de Saúde.      

veja também