MENU

Após ter prisão decretada, Correia Lima diz: "Meu advogado é Jesus"

Após ter prisão decretada, Correia Lima diz: "Meu advogado é Jesus"

Atualizado: Quarta-feira, 7 Abril de 2010 as 12

Após ter sua prisão decretada pelo assassinato do engenheiro da Telepisa José Ferreira Castelo Branco Filho em 1999, o ex-coronel Correia Lima falou que tem fé Deus e que será inocentado. Seu advogado de defesa irá recorrer da decisão outorgada pelo juiz Antônio Noleto.

Segurando a Bíblia, Correia Lima ergueu a o Livro e bradou: "Meu advogado é Jesus!". O ex-coronel disse que a imprensa não deve ficar ansiosa e declarou que é inocente das acusações. "Não fiqueis ansioso com coisa alguma! Apresentai suas petições a Deus, que Ele proverá! Eu apresentei minhas petições a Deus e pedi que ele iluminasse o doutor Wendell (Oliveira, seu advogado) para que ele pudesse me livrar. Confio na Justiça de Deus e dos homens. Acredito que sou inocente e não tenho mais nada a declarar", assegura.

Wendell Oliveira afirmou que a defesa está resignada com este último pedido de prisão. "Temos certeza que foi apenas para evitar a soltura do (ex-) coronel que iria acontecer na próxima sexta-feira. Mas acreditamos que a liberdade é apenas uma questão de tempo. Já que, ao meu ver, todos os processos contra o ex-coronel estão nulos, devido a falhas que podem ser observadas em cada um destes inquéritos", descreveu.

Para o advogado, o fato de Correia Lima estar preso ainda hoje é devido a interesses maiores de entidades que estão no poder. "Não vou citar nomes porque vocês da imprensa sabem melhor do que eu". Para finalizar, Oliveira declarou que irá tentar reverter a decretação da prisão. Correia Lima voltou para a penitenciária Fontes Ibiapina em Parnaíba.

Por: Carlos Lustosa Filho

veja também