MENU

Aposentada de Uberaba tentará reconstruir orelha arrancada

Aposentada de Uberaba tentará reconstruir orelha arrancada

Atualizado: Sexta-feira, 4 Novembro de 2011 as 11:50

Pit bull atacou idosa na casa de vizinha

(Foto: Reprodução TV Integração) Foi liberada do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC/UFTM) na noite de quinta-feira (3), a aposentada de 98 anos que teve a orelha arrancada por um pit Bull. Hoje de manhã ela voltou ao hospital em Uberaba para trocar os curativos. A dona do pit Bull retirou o animal de dentro de casa e, segundo ela, foi levado para uma fazenda da família dela.

O assunto ainda está presente para a vizinhança. A aposentada ficou gravemente ferida após ser atacada pelo cão quando entrou na casa da vizinha para pedir um favor. Segundo a vizinha, Deolinda Nunes, elas estavam na sala da casa. Deolinda disse que chegou a lutar com o cachorro para que ele soltasse a vítima, mas não conseguiu. A aposentada Maria Helena Afonso Souza disse que levou um susto e que estava o tempo todo lúcida durante o ataque e que mesmo sangrando viu que o resgate a levou para o hospital.

O ataque foi na casa da vizinha, onde o cachorro vivia há quatro anos. Segundo os responsáveis, ele nunca havia atacado ninguém. “E na hora do ataque eu tentei evitar o pior. Puxei o cachorro, mas ele é muito forte”, lembrou Deolinda.

As famílias são vizinhas há mais de 30 anos. Depois que a aposentada recebeu alta do hospital a família continua preocupada em cuidar dela. Já separaram até um quarto para Maria José ficar. E depois do susto, a primeira atitude da vizinha foi tirar o cachorro da casa. O animal foi levado para uma fazenda e nos próximos dias a aposentada vai ficar na casa de dona Deolinda para receber os cuidados necessários.

A aposentada de 98 anos ainda deve enfrentar um procedimento cirúrgico na tentativa de reconstituir a orelha arrancada.

Em menos de um mês pelo menos três casos de ataques de cães foram registrados em Uberaba. No dia 13 de outubro uma fêmea da raça fox paulistinha enfrentou um pit bull para defender os donos. Esta semana um hotweiller estava na rua sem identificação. Comerciantes que viram chamaram os bombeiros com medo de um possível ataque. O animal foi capturado e levado para a Sociedade Protetora dos Animais (Supra).        

veja também