MENU

Aposentado é preso no Guarujá por suspeita de pedofilia

Aposentado é preso no Guarujá por suspeita de pedofilia

Atualizado: Quinta-feira, 30 Abril de 2009 as 12

Um ex-bancário aposentado de 66 anos foi preso na quarta-feira, 29 de abril, no Guarujá, a 86 km de São Paulo, por suspeita de pedofilia. Segundo a polícia, pelo menos cinco adolescentes foram vítimas do suspeito. Ele foi preso após uma semana de investigações.

O aposentado morava em um condomínio de luxo na Praia de Pitangueiras. Segundo a polícia, era no local que ele recebia as jovens. Todas tinham livre acesso ao prédio. Na portaria, elas se apresentavam como parentes do ex-bancário.

Foi um boletim de ocorrência registrado pelo próprio aposentado que chamou a atenção da polícia. Na semana passada, ele acusou duas adolescentes de terem roubado seu cartão de crédito para fazer compras no comércio da cidade.

As jovens foram localizadas e disseram à polícia que mantinham relações sexuais com o suspeito em troca de dinheiro, presentes e viagens.

No apartamento, os policiais encontraram fotos de mais de 15 adolescentes. Foram apreendidos dois computadores, CDs, cartões de memória e uma máquina fotográfica. O suspeito vai ficar preso na cadeia anexa ao 1º Distrito Policial do Guarujá.

veja também