MENU

Apreço a aposentados aumenta em ano eleitoral, segundo Lula

Apreço a aposentados aumenta em ano eleitoral, segundo Lula

Atualizado: Quarta-feira, 5 Maio de 2010 as 2:34

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nessa quarta-feira que irá esperar a votação do reajuste dos aposentados no Senado para decidir se vetará ou sancionará os 7,7% aprovados ontem à noite pela Câmara dos Deputados. O governo havia negociado índice de 6,14% com as centrais sindicais.

E apesar de tentar não criticar a decisão dos deputados, dizendo que a votação de ontem à noite tem que ser respeitada, ele afirmou que o apreço pelos aposentados aumenta consideravelmente em ano eleitoral: ''em ano eleitoral aumenta o apreço [pelos aposentados] de forma extraordinária'', ironizou.

Lula afirmou que não vê nenhuma necessidade de aprovar reajuste maior do que o previsto pelo governo pelo cenário econômico estável que o país está vivendo.

''Não vejo nenhuma necessidade para nesse momento excepcional que o Brasil está vivendo a gente fazer qualquer espécie de loucura em qualquer área para que a gente atrapalhe um novo ciclo de desenvolvimento do país'', afirmou o presidente, após entrega de credenciais a embaixadores não-residentes, no Palácio do Itamaraty.

''O Brasil levou muitos anos para chegar onde chegou. É um momento virtuoso, é um momento excepcional em que as contas estão acertadas, o crescimento está acontecendo, e obviamente que a gente não pode permitir que qualquer coisa seja previdência, seja política de juros, seja qualquer coisa, seja inflação, venha a causar qualquer impossibilidade de o Brasil continuar nesse momento excepcional'', acrescentou.

Por Simone Iglesias

veja também