Arruda aparece na janela da sala onde está preso na PF

Arruda aparece na janela da sala onde está preso na PF

Atualizado: Quarta-feira, 17 Fevereiro de 2010 as 12

O governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM), apareceu na janela da sala onde está preso, no prédio da Polícia Federal, na noite desta terça-feira (16).

O escândalo do mensalão do DEM de Brasília começou no dia 27 de novembro, quando a Polícia Federal deflagrou a operação Caixa de Pandora. No inquérito, o governador José Roberto Arruda é apontado como o comandante de um esquema de distribuição de propina a deputados distritais e aliados.

Em frente ao prédio, apoiadores rezavam e gritavam. O governador afastado apareceu várias vezes. No sexto dia de prisão, ele vinha até a janela, saía, voltava e surgia de novo em meio à persiana. Pouco antes, Arruda jantou com a primeira-dama. Durante o dia, só recebeu a visita do advogado. 

Quem também pretende visitá-lo na Polícia Federal é Paulo Octávio, que vive um momento delicado. Desde que assumiu interinamente o comando do DF, a situação do governador em exercício só tem se complicado com as suspeitas.

Em depoimento à polícia e ao Ministério Público, o ex-secretário de Relações Institucionais, Durval Barbosa, contou que entregou R$ 200 mil ao então vice-governador. Seria dinheiro de propina paga por empresários.

veja também