Assaltante de banco é condenado a 14 anos de prisão por homicídio

Assaltante de banco é condenado a 14 anos de prisão por homicídio

Atualizado: Sexta-feira, 23 Julho de 2010 as 8:11

Considerado um dos maiores assaltantes de bancos do país, Gilmar Vilarindo de Moura, o Alemão, foi condenado na noite desta quinta-feira (22) a 14 anos de prisão pelo assassinato do dono de um bar na Favela dos Palmares, em 1999. Os jurados consideraram que o crime teve motivo fútil e que o autor dificultou a defesa da vítima. 

As cinco testemunhas que iriam depôr no julgamento foram dispensadas. Apenas o réu foi ouvido e negou a participação no assassinato.

Alemão está detido na Penitenciária Federal de Mossoró (RN) desde o ano passado. Dezenas de policiais militares e federais, armados com fuzis, pistolas e submetralhadoras, se posicionaram desde o início da manhã ao redor do fórum para evitar uma possível tentativa de resgate de Alemão. Além do helicóptero onde o acusado foi trazido, outra aeronave do mesmo tipo ficou sobrevoando ao redor do edifício, para garantir a segurança dos policiais.

Com um casaco vermelho e algemado, Alemão saiu do helicóptero cabisbaixo e silencioso. Ele ficou cercado por agentes federais fortemente armados até o fórum.

A operação de guerra montada pela Polícia Federal não afetou o funcionamento do restante do fórum nem dos edifícios vizinhos - prefeitura e Câmara Municipal. Para montar o esquema de segurança, agentes visitaram o local diversas vezes ao longo da semana, tiraram fotografias, estudaram as possíveis rotas de fuga e se reuniram com juízes e promotores.

veja também