MENU

Assembleia aprova projeto que amplia Região Metropolitana de Curitiba

Assembleia aprova projeto que amplia Região Metropolitana de Curitiba

Atualizado: Quinta-feira, 18 Agosto de 2011 as 1:23

Atualmente Região Metropolitana de Curitiba

possui 26 cidades. (Foto: Divulgação Comec)

  A Assembleia Legislativa do Paraná aprovou na quarta-feira (17), em primeira discussão, um projeto que amplia a Região Metropolitana de Curitiba (RMC). A proposta do deputado Stephanes Jr (PMDB) inclui os municípios de Piên, Rio Negro e Campo do Tenente na RMC, que já conta com 26 municípios. O texto ainda precisa ser aprovado em outras duas discussões, antes que siga para a sanção do governador do Estado.

Em entrevista ao G1 , o autor da proposta afirmou que a inclusão será benéfica para os municípios, sem representar nenhum custo extra. “Há muitos benefícios. Elas (as cidades) vivem em função de Curitiba e estavam isoladas no canto do estado. A estrada deles só vem para Curitiba, e boa parte dos atendimentos de saúde e outros atendimentos são feito também em Curitiba”, justificou o deputado.

De acordo com Stephanes, os municípios poderão integrar o consórcio intermunicipal do lixo  utilizando o mesmo aterro sanitário que o restante dos municípios da RMC. Segundo o deputado, outra vantagem é a integração do transporte coletivo, que “deixa de ser uma viagem, e passa a ser uma linha de ônibus intermunicipal”, disse.

Benefício eleitoral

Questionado sobre se a proposta traria um benefício eleitoral, Stephanes refutou a hipótese, alegando que é o cumprimento de uma promessa de campanha. “Isso é um pedido dos municípios para a gente, eles querem isso”, disse. Para o deputado, o fato de a eleição estar distante descaracteriza a intenção de benefício eleitoral.

Região Metropolitana de Curitiba

A RMC foi criada em 1973, englobando 14 municípios, e assim permaneceu até 1990, quando novas localidades passaram a ser incluídas. Hoje, fazem parte da Região as cidades de Adrianópolis, Agudos do Sul, Almirante Tamandaré, Araucária, Balsa Nova, Bocaiúva do Sul, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Cerro Azul, Colombo, Contenda, Curitiba, Doutor Ulysses, Fazenda Rio Grande, Itaperuçu, Lapa, Mandirituba, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras, Quitandinha, Rio Branco do Sul, São José dos Pinhais, Tijucas do Sul e Tunas do Paraná.

A organização da RMC é feita por uma autarquia vinculada a Secretaria de Desenvolvimento Urbano - a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec). Entre as atribuições da Comec, estabelecidas pela lei estadual que a instituiu, estão o planejamento integrado e a coordenação dos interesses comuns dos municípios englobados pela Região.

De acordo com o deputado, é possível que haja um planejamento integrado entre os municípios, mesmo com realidades distintas. “Ela já existe inclusive, mas agora formalmente”, afirma. Piên e Campo do Tenente estão a 85 km da capital, enquanto Rio Negro está cerca de 110 km distante.

Segundo dados do Censo 2010, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Região metropolitana de Curitiba possui 3.168.980 habitantes, sendo a oitava maior do país.              

veja também