Assessor de prefeitura de MT é preso suspeito de ajudar em assalto

Assessor de prefeitura de MT é preso suspeito de ajudar em assalto

Atualizado: Sexta-feira, 18 Novembro de 2011 as 4:26

Criminosos atearam fogo em veículo após assalto

(Foto: J. Siqueira) Um assessor da Prefeitura de Santo Antônio do Leste, a 379 quilômetros de Cuiabá, foi preso na quinta-feira (17) suspeito de participar da quadrilha que assaltou uma agência bancária na cidade.

De acordo com a delegada Ana Cristina Feldner, da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), o suspeito estaria ajudando na logística da quadrilha. Ele conseguia informações privilegiadas por conta do cargo que exercia e tinha acesso aos batalhões da Polícia Militar e às delegacias da cidade, segundo a delegada. “Com esse contato, o suspeito conseguia levantar o que estava sendo feito e investigado pelos policiais”, explicou Ana Cristina. Ela contou ainda que, por ter a confiança dos policiais, o assessor tentou obter informações sobre o andamento das investigações em relação ao assalto. “Inclusive, ele acompanhou as investigações preliminares e no momento que o levantamento inicial foi feito, ele estava presente”, detalhou a delegada.

Outras quatro pessoas foram presas na última quarta-feira (16). Os suspeitos foram flagrados em uma rodovia no momento em que tentavam fazer o resgate de membros da quadrilha que realizaram o assalto. Entre os presos está uma investigadora da cidade que, segundo a polícia, foi escolhida estrategicamente para fazer o transporte dos criminosos em seu veículo pessoal, pois caso fosse parada em alguma barreira, ela não seria revistada ao se identificar como investigadora. O G1 procurou a prefeitura de Santo Antônio do Leste, mas ninguém quis comentar o assunto nesta sexta-feira (18).

O assalto

Seis assaltantes armados com fuzis e metralhadoras roubaram a agência bancária da cidade, na última sexta-feira (11). O crime aconteceu na modalidade criminosa conhecida como “Novo Cangaço”, que consiste em aterrorizar pequenas cidades usando, inclusive, clientes como escudo humano.        

veja também