Atirador de Realengo pode ser enterrado como indigente se família não reconhecer corpo em uma semana

Atirador de Realengo pode ser enterrado como indigente se família não reconhecer corpo em uma semana

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:47

Permanece no IML (Instituto Médico Legal), o corpo do atirador Wellington Menezes de Oliveira, 23 anos, autor do massacre na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, zona oeste do Rio, onde 12 estudantes foram mortos e outros 12 ficaram feridos.

O IML informou que se ninguém da família aparecer em até sete dias (quando termina o prazo de 15 dias para um corpo ser mantido no IML) para reconhecer o corpo de Wellington, ele será sepultado como indigente. A data limite é até 22 de abril.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições