MENU

Atraso na entrega de contas preocupa usuários dos Correios na Paraíba

Atraso na entrega de contas preocupa usuários dos Correios na Paraíba

Atualizado: Quarta-feira, 28 Setembro de 2011 as 3:06

Nesta quarta-feira (28) a greve dos funcionários da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) completa 15 dias e os usuários de João Pessoa estão preocupados com o atraso das correspondências, principalmente faturas de cartões de crédito. Uma das alternativas seriam os centros de distribuição, mas eles também estão fechados. Em João Pessoa, a dona de casa Lira Alves explicou que foi orientada a buscar suas correspondências no centro de distribuição, mas  teve uma surpresa quando chegou no local. “O gerente não estava. Me disseram que ele também estava em greve", disse. Já o aposentado Manoel Pereira também reclamou dos transtornos causados pela paralisação dos serviços dos Correio. “Quando for pagar tem juros. Para quem nós vamos apelar?”, questionou o aposentado.

O gerente do centro de distribuição do bairro Mangabeira informou que o trabalho no local tem sido apenas interno, ou seja, sem atendimento ao público. A direção dos Correios informou que os funcionários da parte administrativa da empresa estão entregando as correspondências em caráter de urgência, mas que não há o mesmo ritmo de entrega dos carteiros, por isso elas estão atrasando.

Os trabalhadores reivindicam reajuste salarial de 24,72%, aumento de R$ 400 no piso da categoria e revogação da medida provisória número 532, que autoriza o Governo Federal a vender ações da empresa e terceirizar os serviços dos Correios.

Com a paralisação, 3,2 toneladas de correspondências deixam de ser entregues por dia na Paraíba, o que corresponde a cerca de 305 mil objetos, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos do Estado (Sintec/PB).

Orientação do Procon-PB

O Procon Estadual explicou que o atraso na chegada da fatura não é considerado uma justificativa para que pagamentos não sejam realizados em dia. Por isso, para o usuário não pagar juros por atraso, o Procon-PB orienta que o consumidor entre em contato (por telefone ou presencialmente) com cada empresa a qual tem débitos a pagar e se informe sobre como retirar uma segunda via da fatura e qual a data de vencimento.

Por sua vez, a empresa tem a obrigação de fornecer outros meios de pagamento, como, por exemplo, a segunda via da fatura (que pode ser enviada através da internet ou por fax), o código de barras ou os dados para depósito identificado.

Caso tenha procurado a empresa responsável pela emissão da fatura e ela tenha se negado a fornecer meios para a emissão gratuita de segunda via do boleto para pagamento, o consumidor deve procurar ajuda no Procon ou no Juizado mais próximo para que não seja prejudicado no caso de cobranças de juros por atraso.

Já aquelas pessoas que contrataram algum serviço de entrega dos Correios e eles não forem prestados, pode ser solicitado o ressarcimento ou abatimento do valor pago.

Em caso de dúvidas o consumidor pode entrar em contato com o Procon Estadual, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, pelos telefones 0800-281-1512 ou (83) 3218-5442.              

veja também