MENU

Aumenta número de famílias chefiadas por mulheres no Distrito Federal

Aumenta número de famílias chefiadas por mulheres no Distrito Federal

Atualizado: Sexta-feira, 18 Setembro de 2009 as 12

O  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) constatou aumento do número de famílias que têm mulheres como pessoa de referência dos domicílios, acompanhando uma tendência de evolução da presença feminina no mercado de trabalho.

A informação consta da Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios (Pnad), divulgada hoje (18) pelo instituto.

“As mulheres foram citadas como referência por 45% das famílias pesquisadas em 2008 no DF. No ano anterior, elas eram vistas como referência em 41,6% das famílias”, informou hoje (18) a economista do IBGE, Adriana Beringuy, durante o lançamento do estudo.

O instituto constatou também queda na proporção de famílias no Distrito Federal que têm como referência o homem – de 58,4%, em 2007, para 55%, em 2008. “Ainda assim, e, apesar do aumento registrado do salário das mulheres em termos absolutos, o salário [delas] continua sendo menor do que o dos homens”, ressaltou a pesquisadora.

Os dados apresentados pelo IBGE fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio referente a 2008.

veja também