MENU

Babá flagrada por câmera nega agressão a crianças

Babá flagrada por câmera nega agressão a crianças

Atualizado: Segunda-feira, 13 Junho de 2011 as 8:35

A babá flagrada por uma câmera de segurança agredindo duas crianças em Andradina, no interior de São Paulo, negou que tenha praticado qualquer tipo de violência. Ao se entregar à polícia na sexta-feira (10), Neusa Berenguel Lossávaro afirmou que tem “um gesto de brincar com criança meio arredio” o que, segundo ela, é o que foi mostrado pelas imagens. “Jamais eu iria fazer qualquer tipo de violência naquela menina, naquela criança tão especial. Jamais! Eu nunca fiz isso, nem nos meus netos eu nunca pus a mão”, disse Neusa.

A babá foi levada para a cadeia de Ilha Solteira, também no interior paulista. Ela irá responder por crime de tortura. Nas imagens, ela aparece agredindo um bebê de 7 meses e um menino de 2 anos que tem síndrome de Down.     Em uma imagem feita na cozinha, a mulher força a menina de 7 meses a abrir a boca. Depois, dá um tapa na criança. Em outra imagem, ela bate nas pernas do bebê com um arame do carrinho. As agressões também acontecem na hora de fazer a criança dormir.

As imagens também mostram a babá dando tapas no filho mais velho do casal. Depois de ver a filmagem, os pais demitiram a babá e denunciaram o caso à polícia. As imagens foram encaminhadas para o Instituto de Criminalística da Polícia Civil de Andradina.

Os peritos têm o prazo de 30 dias para analisar o conteúdo das gravações e confirmar se os gestos da babá são agressões ou brincadeiras, como informado em depoimento.

O advogado de defesa pedirá à Justiça que ela responda ao processo em liberdade. Como o fórum fica fechado durante o fim de semana, o pedido para a libertação da babá só poderá ser feito na segunda-feira (13). De acordo com o advogado, como ela possui endereço fixo e não tem antecedentes criminais, há chances de ser liberada para aguardar as investigações em liberdade.          

veja também