MENU

Bate-boca marca instalação da CPI da Bancoop em SP

Bate-boca marca instalação da CPI da Bancoop em SP

Atualizado: Quarta-feira, 31 Março de 2010 as 12

Foi instalada, no início desta tarde, em São Paulo, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Estado para investigar supostos desvios que prejudicaram cerca de 3 mil usuários da Cooperativa dos Bancários (Bancoop). Segundos após ser eleito presidente da comissão em votação nominal, o deputado Samuel Moreira (PSDB) bateu boca com Antonio Mentor (PT), trocando acusações a respeito de acordos que teriam sido firmados entre governo e oposição para os trabalhos da CPI.

"Você está mentindo, não me acuse", disse Moreira. "O senhor é que é mentiroso", rebateu Mentor. A discussão foi motivada pela escolha da vice-presidência da comissão, cargo reivindicado pelos três membros petistas da CPI. A reclamação é de que estariam sendo "atropelados" pelos outros sete membros da base governista na CPI da Bancoop. Apesar dos protestos da oposição, o deputado Chico Sardelli (PV) foi escolhido o vice-presidente.

O bate-boca prosseguiu com a provocação do deputado Enio Tatto (PT). "Se já escolheram o presidente e o vice sem discussão, por que não avançam, tocam o barco e nos patrolam de vez?", questionou o deputado. "Vocês estão precisando é de discurso para este ano", disse.

A CPI da Bancoop deve ter duração de 120 dias - até meados do mês de setembro. Segundo o presidente dos trabalhos, deputado Samuel Moreira, a preferência pela relatoria, que ainda não foi escolhida, é a de um deputado que possa assumir em tempo integral a relatoria da CPI.

Apesar de admitir dialogar com a oposição para a escolha do cargo, Moreira revelou, em entrevista coletiva, predileção pelo nome dos deputados Bruno Covas (PSDB) e Waldir Agnello (PTB). Mentor classificou a atitude da base governista como uma "frente de ataque", acusando interesse eleitoreiro. "Este é o cacete democrático do PSDB", disse Mentor.

A sessão foi acompanhada por algumas dezenas de cooperados da Bancoop, que deram salvas de palmas em alguns momentos da sessão. A próxima reunião deve ocorrer na quarta-feira da semana que vem, às 12h30.

veja também