MENU

Bebê de 4 meses morre vítima de dengue, diz hospital no Rio

Bebê de 4 meses morre vítima de dengue, diz hospital no Rio

Atualizado: Segunda-feira, 21 Março de 2011 as 11:13

Um bebê de quatro meses morreu de dengue hemorrágica, no último sábado (19), no Rio de Janeiro, contabilizando 15 mortes pela doença no estado, somente este ano. A informação é da assessoria de imprensa do Hospital Quinta D'Or, em São Cristóvão, na Zona Norte da cidade, onde a menina estava internada. A Subsecretaria de Vigilância em Saúde informou que já são 20.150 casos suspeitos de dengue em todo o estado, desde o dia 2 de janeiro até o dia 12 de março. Procurada pelo G1, a Secretaria estadual de Saúde não confirmou a informação, alegando que o balanço do estado só é divulgado às quartas-feiras.

Municípios com epidemia

Quatro municípios do estado do Rio de Janeiro já apresentam casos localizados de epidemia de dengue, de acordo com informações confirmadas pela Secretaria estadual de Saúde na última quarta-feira (16).

O município com maior taxa de incidência é Bom Jesus de Itabapoana, no Noroeste Fluminense, com 2.447,4 casos por 100 mil habitantes. Outros municípios em alerta são: Cantagalo (1.321,5 casos/100 mil habitantes), no Norte Fluminense, Santo Antonio de Pádua (1.158,5 casos/100 mil habitantes), no Noroeste do estado, e Magé (599,6 casos/100 mil habitantes), na Baixada Fluminense.     Número de óbitos dobrou

Os municípios que registraram os casos de morte foram: Nova Iguaçu (1), Magé (1), Cabo Frio (1), São Gonçalo (2), Maricá (1), Rio de Janeiro (6), São João do Meriti (2) e São José do Vale do Rio Preto (1).

Nos dois primeiros meses de 2011, a subsecretaria havia informado que sete pessoas já haviam morrido por causa da dengue. De acordo com os novos números divulgados, o número de óbitos dobrou em apenas 15 dias.

13 bairros do Rio estão com surto

Até a última quinta-feira (17), foram registrados mais de sete mil casos de dengue no Rio. Treze bairros estão com surto da doença, quando há mais de 300 casos por cada cem mil habitantes.

Em Pedra de Guaratiba, já são 1.119,3 casos/ 100 mil habitantes.

Os bairros de Saúde, Barra de Guaratiba, Catumbi, Bonsucesso, Anil, Centro, Cocotá, Acari, Santa Teresa, Santo Cristo, Paquetá e Rio Comprido também estão com surto, segundo dados da Secretaria municipal de Saúde.      

veja também