Beleza ajuda no mercado de trabalho?

Beleza ajuda no mercado de trabalho?

Atualizado: Quarta-feira, 16 Setembro de 2009 as 12

Imagine que uma empresa de consultoria de marketing está em busca de profissionais, e, após analisar uma série de currículos, escolheu dois profissionais que têm o mesmo nível curricular. Para resolver qual deles contratará, fará entrevista pessoal com ambos. No dia da entrevista, o primeiro candidato usa calça jeans com uma camiseta branca, suada, que contém uma estampa colorida. Usa tênis e boné. O outro veste calça e camisa sociais sem gravata, pois a ocasião e vaga pedem formalidade, mas não tanta. Calça sapatos pretos bem engraxados e limpos. Carrega consigo uma pasta com a cópia do currículo e com alguns documentos pessoais.

Quem a companhia contratará? Certamente o escolhido será o segundo candidato que apresentou uma aparência mais adequada ao ambiente e vaga existente. Não se trata de beleza, conforme alerta a professora Mariana Domitila Padovai Martins, professora do curso de gradução Gestão Comercial - Moda da Faculdade Veris Uirapuru Imapes, do Grupo Ibmec Educacional, e autora do livro "Marketing Pessoal: Investindo no bom senso", publicado pela Editora Ottoni.

"Em nenhum momento foi avaliada a beleza dos candidatos, mas sim a aparência, a imagem pessoal que cada um expressa. Portanto seria correto afirmar que beleza não interfere no mercado de trabalho, mas a boa aparência sim, isso porque a maneira como a pessoa trata do vestuário e da higiene pessoal faz com que ela agregue ou não valores as situações profissionais", diz.

Conforme a especialista, existem vários ambientes de trabalho e cada um deles pede um vestuário específico, já que certas profissões são mais focadas nas expressividades artísticas e criativas, enquanto outras são mais rígidas devido à imagem que a profissão necessita transmitir. "Um profissional deve usar sempre de bom senso. Na prática significa se adequar ao local de trabalho ou encontrar um emprego que vá ao encontro de seu estilo pessoal", finaliza.

Dicas gerais de um bom guarda-roupa de trabalho:

Mulheres:

Alfaiataria Malhas avulsas para enfrentar as variações climáticas Camisas e blusas com calças e saias Sapatos cômodos e clássicos Ternos de microfibra (pois não amassam) Bolsa de cor neutra Coletes Vestido modelo tubo ou chemisier Bijuterias finas e jóias clássicas Para não errar em qualquer situação, evite:

Barriga de fora Sapato de saltos altíssimos Sandálias (deixe para mostrar os pés fora do ambiente de trabalho) Unhas compridas Excesso de bijuterias ou jóias. Roupas esportivas Decotes e roupas curtas Perfumes fortes Roupas transparentes. Homens:

Ternos

Camisas lisas (preta, branca, azul, bege e cinza) Gravatas discretas Calças retas e sem detalhes Sapatos sociais (preto e marrom) Meias sempre da cor dos sapatos ou da calça Blazers Para trabalhos e profissões menos formais:

Camisetas lisas, de cores neutras, calça jeans sem detalhes, sapato ou sapatênis. Para não errar em qualquer situação, evite:

Roupas coloridas demais Camisas e calças apertadas Bermudas Tênis Perfumes muito fortes Cintas de cor diferente da dos sapatos.

veja também