MENU

Beto Richa fala do combate ao narcotráfico na tríplice fronteira

Beto Richa fala do combate ao narcotráfico na tríplice fronteira

Atualizado: Quarta-feira, 21 Julho de 2010 as 9:18

A tríplice fronteira em Foz do Iguaçu – onde o Brasil, Paraguai e Argentina se encontram - é um dos pontos mais críticos do País em relação ao tráfico de drogas e armas. Nesta terça-feira, em Foz do Iguaçu, o candidato tucano ao governo do estado, Beto Richa, prometeu uma gratificação especial aos policiais que trabalham na região, proporcionalmente ao volume de drogas apreendido.

Na visão de Richa, a medida seria um incentivo para tentar diminuir o problema no Paraná.

O estado tem servido como uma das principais rotas para a entrada da maconha do Paraguai e de armas que abastecem os traficantes de outros estados.

Foz do Iguaçu, por ser a porta de entrada, sente os reflexos na sua população. “Em oito anos, as taxas de criminalidade no Paraná aumentaram assustadoramente. Hoje, Foz do Iguaçu tem o maior índice de jovens assassinados no Brasil”, disse Richa.

Outra medida proposta por Beto Richa para a região é a instalação de módulos policiais e a criação de um núcleo de inteligência policial. “É possível reverter estes índices alarmantes. São Paulo fez isto no governo José Serra e hoje tem menos crimes que o Paraná”, disse Richa.

veja também