MENU

Bill Clinton elogia produção de energia em aterros paulistanos

Bill Clinton elogia produção de energia em aterros paulistanos

Atualizado: Terça-feira, 2 Junho de 2009 as 12

O ex-presidente americano Bill Clinton elogiou nesta segunda-feira, 1 de junho, a produção de energia "limpa" nos aterros sanitários Bandeirantes e São João. "É impressionante a quantidade de energia produzida nos aterros sanitários paulistanos", destacou. Durante sua palestra sobre desenvolvimento sustentável no Ethanol Summit, no Sheraton WTC Hotel, Clinton afirmou que pretende incentivar iniciativas semelhantes em outras metrópoles mundiais, por meio da fundação Willian J. Clinton.

Nos dois aterros paulistanos foram instalados sistemas de captação dos gases produzidos pela decomposição do lixo urbano. Esses gases, principalmente o gás carbônico e o metano, são causadores de efeito estufa. O metano, em seu estado natural, é altamente nocivo ao ambiente, mas sua queima contribui para combater o aquecimento no planeta. A instalação dos sistemas reduziu em 20% a emissão de poluentes na cidade de São Paulo.

O Aterro Sanitário São João entrou em atividade em 1992 e tem 80 hectares. A usina termelétrica instalada no local tem capacidade de geração de 200 mil MW/h por ano, o que equivale ao consumo de uma cidade com 400 mil habitantes.

O outro aterro sanitário da cidade, o Bandeirantes, fica em uma área de 150 hectares no distrito de Perus e tem cerca de 35 milhões de toneladas de lixo estocadas. Esse aterro foi o primeiro a ter uma usina termelétrica, com capacidade de geração de 170 mil MW/h por ano. Os 370 MW/h por ano produzidos pelos aterros Bandeirantes e São João são suficientes para abastecer uma cidade com 700 mil habitantes.

Durante a palestra desta segunda-feira, 1 de junho, assistida pelo prefeito Gilberto Kassab, o ex-presidente ressaltou que o C40 (cujo próximo encontro, em 2011, será em São Paulo) é um dos fóruns mais importantes para articulação de políticas para desenvolvimento sustentável e combate ao aquecimento global. O C40 é o grupo das maiores cidades do mundo comprometidas em combater as alterações climáticas.

veja também