MENU

Bispo Gê participa da comissão que discute a Conferência de Comunicação

Bispo Gê participa da comissão que discute a Conferência de Comunicação

Atualizado: Sexta-feira, 10 Julho de 2009 as 12

O deputado (DEM) Bispo Gê Tenuta participou na manhã de quarta-feira, 8 de julho, da Audiência Pública realizada pela Comissão de Ciência e Tecnologia para discutir o processo de organização da Conferência Nacional de Comunicação. Alguns pontos de metodologia da organização do evento não estão decididos devido à falta de verba. O caráter deliberativo ou não da Conferência é um dos pontos sobre os quais ainda não há consenso.

A Conferência está marcada para a primeira semana de dezembro, em Brasília. Com o tema "Comunicação: meios para a construção de direitos e de cidadania na era digital", o evento será realizado pelo Ministério das Comunicações. O ministro Hélio Costa foi convidado a participar da Audiência Pública.

Como membro titular da comissão, o deputado Bispo Gê, juntamente com os demais integrantes, quer discutir alternativas para recuperar os recursos orçamentários destinados à realização da Conferência, reduzidos em mais de R$ 6,5 milhões, e avaliar medidas para intensificar a mobilização para o debate nos Estados.

Em entrevista para a imprensa, o consultor jurídico do Ministério das Comunicações Marcelo Bechara declarou que "com R$ 1,6 milhão não tem conferência". O consultor disse, no entanto, que a Secretaria Executiva do Ministério já iniciou um trabalho para recuperar esses recursos, mas não detalhou as ações que serão tomadas.

O deputado federal Bispo Gê Tenuta comentou que esse é um tempo muito importante, e que a comissão quer discutir formas para solucionar essa questão. "Gostaria de questionar o porquê de o Ministério das Comunicações não dispor de um valor mais expressivo para a Conferência. Hoje, com as televisões e a internet avançando, o setor de Radiodifusão precisa se mobilizar para sobreviver. Não seria uma necessidade do Ministério se envolver mais, para que haja mais crescimento no setor de comunicação?", argumentou o deputado.

Além do ministro, também foram convidados para o debate o presidente da Abert (Associação Brasileira de Emissores de Rádio e Televisão), Daniel Pimentel Slaviero; e o diretor do Intervozes - Coletivo Brasil de Comunicação Social, Jonas Valente.

veja também