MENU

Blitz educativa da lei anti-fumo chega a Campinas

Blitz educativa da lei anti-fumo chega a Campinas

Atualizado: Sexta-feira, 5 Junho de 2009 as 12

A Secretaria de Estado da Saúde iniciou pelo interior de São Paulo as chamadas blitze educativas para orientar sobre a nova legislação que proíbe o fumo em ambientes fechados de uso coletivo. Nesta sexta-feira, 5 de junho, os agentes do Centro de Vigilância Sanitária (CVS) da pasta percorrerão pelo menos cinco estabelecimentos, incluindo bares e restaurantes, da cidade de Campinas. No último final de semana as inspeções ocorreram em Ribeirão Preto e Bauru.

Durante as blitze serão distribuídas aos proprietários e responsáveis cópias da nova legislação e do decreto que a regulamenta. Os fiscais irão orientar sobre medidas a serem adotadas pelos estabelecimentos até 7 de agosto, quando a lei entra em vigor, como remoção dos cinzeiros, eliminação dos fumódromos e afixação de avisos sobre a proibição do fumo em locais visíveis.

Um monoxímetro deverá ser disponibilizado pelos agentes para medir a contaminação de garçons e freqüentadores dos estabelecimentos por monóxido de carbono, em razão da exposição à fumaça do cigarro nos ambientes fechados. A realização do teste será voluntária.

Com essa ação a Secretaria espera disseminar, principalmente, a cultura do ambiente livre de tabaco, além de divulgar as informações necessárias sobre a lei aos estabelecimentos que estão sujeito a fiscalizações, multas e interdições a partir de agosto, quando as novas regras entrarão em vigor.

"Trata-se de uma iniciativa que visa educar antes de punir. Nossa principal preocupação é que os ambientes fechados fiquem livres da fumaça do cigarro. O ideal é que os estabelecimentos se adaptem a esta nova realidade sem necessidade de multas", afirma o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.

veja também