MENU

Bombeiros confirmam explosão de dois bueiros na Zona Sul do Rio

Bombeiros confirmam explosão de dois bueiros na Zona Sul do Rio

Atualizado: Segunda-feira, 3 Outubro de 2011 as 3:49

Dois bueiros explodiram, na tarde desta segunda-feira (3), na Rua das Laranjeiras, na Zona Sul do Rio. Segundo as primeiras informações da assessoria do Corpo de Bombeiros, ninguém ficou ferido e não houve chamas. Viaturas do quartel do Catete foram para o local. Ainda não há informações sobre as causas da explosão.

Procurada pelo G1 , a assessoria da Light, concessionária responsável pelo fornecimento de energia da cidade, informou que uma equipe trabalha no local e que não houve interrupção de energia na região. Ainda de acordo com a empresa, houve registro de fumaça numa caixa subterrânea, na qual passam cabos de energia elétrica.

Bueiro solta fumaça

Na sexta-feira (30), um bueiro soltou fumaça em Ipanema, na Zona Sul. A Light, informou que enviou uma equipe ao local para realizar os reparos. A tampa fica na esquina das ruas Farme de Amoedo e Visconde de Pirajá.

De acordo com a concessionária, a fumaça é decorrente do defeito em um cabo de energia. A light explicou ainda que não há risco de explosões e que o fornecimento de energia na região não será afetado.

Na noite de quinta, bueiro soltou fumaça no Centro

Na noite de quinta-feira (29), equipes da Light foram chamadas para um bueiro que soltou fumaça, na esquina das avenidas Passo e Presidente Vargas, Centro da cidade.

Segundo a empresa, houve um defeito em um cabo de baixa tensão, mas não houve interrupção no fornecimento de energia. Ninguém ficou ferido, e o Corpo de Bombeiros nem precisou ser acionado.

Mais de 100 bueiros tem alto risco de explodir

A prefeitura encontrou cinco bueiros com alto risco de explosão, na madrugada desta sexta-feira (30), no Leblon, na Zona Sul do Rio, e no Centro. Eles foram localizados durante uma vistoria de 361 tampões no Centro e nos bairros do Jardim Botânico, Copacabana, Cosme Velho, Leblon e Flamengo. As informações são da prefeitura.

Duas das tampas encontradas ficam na Avenida Visconde de Albuquerque, e outra encontrado na Rua Conde Bernadotte, no Leblon. A prefeitura localizou ainda um bueiro com risco de explosão na Rua Gomes Freire e outro na Rua Visconde de Rio Branco, no Centro.

Ao todo, foram identificados 126 bueiros com alto risco de explosão desde o começo da vistoria em agosto. Em todos os casos, o Centro de Operações Rio, a Companhia Estadual de Gás (Ceg) e a Light foram comunicadas, segundo a prefeitura. Os bueiros foram isolados e sinalizados para que as empresas realizassem o reparo imediato. Ao todo 8.817 bueiros foram inspecionados na cidade. O monitoramente de risco de tampões terá a duração de seis meses, segundo a prefeitura.

No dia 5 de agosto, a prefeitura anunciou que havia contratado uma empresa terceirizada para o trabalho. Na época, a prefeitura informou que a iniciativa previa a inspeção de 10 mil bueiros por mês, mesmo que não houvesse risco de explosão. O serviço é realizado pela Concremat, contratada em caráter emergencial por seis meses. O contrato custará aos cofres públicos cerca de R$ 4,2 milhões.        

veja também