MENU

Bombeiros dizem que prédio pode desmoronar após desabamento parcial

Prédio pode desmoronar após desabamento parcial

Atualizado: Terça-feira, 7 Fevereiro de 2012 as 8:29

Cerca de 70 homens do Corpo de Bombeiros, homens da Defesa Civil e funcionários da prefeitura de São Bernardo do Campo trabalham na busca por uma enfermeira que estaria no sexto andar do prédio que desabou parcialmente na noite dessa segunda na cidade do ABC Paulista. De acordo com o tenente-coronel Roberto Rens, dos Bombeiros, o risco de desmoronamento completo do edifício não foi descartado.

"Uma das maiores dificuldades é o difícil acesso ao prédio. As equipes estão se revezando na busca por vítimas, com cerca de 40 homens por vez", afirmou Rens, que comanda o trabalho dos bombeiros no local. Cães farejadores chegaram a ser empregados para auxiliar os bombeiros, mas já foram recolhidos.

A enfermeira que possivelmente se encontra no prédio chama-se Patrícia Alves Faria, 25 anos, e trabalhava em uma clínica no sexto andar, de acordo com informações de um tio presente no local. Familiares da moça afirmaram que Patrícia trabalhava no prédio há oito anos.

Os bombeiros trabalham com a hipótese de haver vítimas no primeiro andar, onde funcionava uma lanchonete, mas é preciso retirar muitos escombros para chegar até lá.

A corporação recebeu um chamado relatando uma possível explosão no edifício de 14 andares, que fez com que 13 lajes desabassem umas sobre as outras e deixasse ao menos uma criança morta, seis feridos, e a enfermeira desaparecida. Os bombeiros ainda trabalham com a hipótese de haver pelo menos outros quatro desaparecidos, fato ainda não confirmado oficialmente. O prefeito do município, Luiz Marinho (PT), afirmou depois do incidente que a documentação do edifício estava em situação regular.

A criança, que segundo os bombeiros teria aproximadamente 3 anos, chegou a ser socorrida com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Pronto Socorro Central da cidade, para onde estão sendo levadas as demais vítimas. De acordo com as primeiras informações dos bombeiros, há indícios de explosão ambiental causada por vazamento de gás.

O incidente ocorreu por volta das 19h40. O edifício fica no número 30 da avenida Índico, próximo ao Paço Municipal de São Bernardo do Campo. As vias no entorno tiveram de ser interditadas para os trabalhos da corporação. O trabalho de retirada do entulho não tem previsão para ser concluído.

veja também