MENU

Bombeiros resgatam 20 pessoas na serra

Bombeiros resgatam 20 pessoas na serra

Atualizado: Segunda-feira, 3 Maio de 2010 as 8:57

O que era para ser um feriado de lazer quase se transforma numa tragédia. Vinte pessoas residentes em Maracanaú, Maranguape e Fortaleza se perderam no sábado à noite quando faziam passeio pela trilha da Pedra Rajada, no vizinho município de Maranguape. Por volta das 17h15 de ontem, depois de 30 horas de agonia, todas foram resgatadas com saúde pelos Bombeiros. Apenas uma jovem sofreu leve torção no joelho.

''Vivemos momentos de apreensão. Por volta das 9h, começamos a trilha no sábado. Às 16h30, começou a chover. Isso tirou a nossa visibilidade, e acabamos perdendo o caminho de volta. Então, decidimos ligar para os Bombeiros comunicando o fato. Eles pediram calma e prometeram nos resgatar logo. Porém, por volta das 19h30, o socorro ainda não havia chegado. Foi aí que decidimos ligar para nossos familiares'', contou Biline Ribeiro Gomes, de 21 anos, que se encontrava no local com um amigo e um irmão.

Biscoito

A auxiliar administrativa Caroline Alves, 21 anos, revela que só ficou um tanto preocupada depois que as baterias dos celulares começaram a descarregar. ''Na noite do sábado, avistamos o helicóptero da Polícia e fizemos sinal para eles, que não puderam descer naquele instante por causa do mau tempo. Depois que ficou claro que dormiríamos ali mesmo, abrimos um clarão no mato e fizemos um pequeno abrigo, priorizando as duas crianças que estavam entre nós. Como a previsão era de que demoraríamos pouco, não levamos muita comida e água. Os biscoitos foram entregues às duas crianças''.

União

A técnica de enfermagem Clara Alves, 39 anos, ressaltou a união do grupo, ''que ficou junto todo o tempo e se manteve solidário''. Embora a maioria das pessoas sejam integrantes da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Clara fez questão de ressaltar que o passeio foi organizado pelas próprias pessoas, sem qualquer responsabilidade da igreja.

O coordenador de Defesa Civil do município de Maranguape, Sílvio Nunes, disse que o grupo correu grande perigo e que poderia ter havido um deslizamento. ''Eles não procuraram um guia de turismo. Se tivessem feito isso, saberiam que as trilhas estão fechadas, pois, no período de quadra chuvosa, não é época adequada para visitar as trilhas da serra''.

Nunes destacou que a Prefeitura deu apoio às vítimas, que foram alojadas no Horto Municipal, sede da Secretaria do Meio Ambiente, onde foram acolhidas em colchonetes, receberam lanches e atendimento. Meia hora após a chegada ao horto, o grupo se encontrou com familiares. Em seguida, os resgatados foram para suas casas.

Enquete

Apreensão

Bilini Ribeiro Cosme, 21 anos

Professora

''Após a chuva no sábado à tarde, o tempo fechou completamente. Ficou tudo escuro, aí nós nos perdemos''

Natana Salvador de Souza , 20 anos

Estudante

''Ficamos tranquilos depois que conseguimos contato com o Corpo de Bombeiros e com os nossos familiares''

veja também