MENU

Brasil está liderando processo contra pedofilia, diz especialista

Brasil está liderando processo contra pedofilia, diz especialista

Atualizado: Segunda-feira, 1 Dezembro de 2008 as 12

O Brasil está liderando o processo para resolver o problema da pedofilia de acordo com Hartmut Richard Glaser, professor de física da Universidade de São Paulo (USP) e diretor do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto br, entidade civil que trabalha com segurança de internet e tem ações voltadas contra a pedofilia na web.

Ao participar hoje (27) de uma audiência pública na Assembléia Legislativa de São Paulo sobre o combate à pedofilia no estado o especialista disse que o Brasil foi o primeiro país a ter uma decisão judicial que abrisse o sigilo dos usuários da rede de relacionamentos Orkut, da empresa americana Google. "Representantes da Argentina nos procuraram para saber como conseguimos vencer a Google nos tribunais", disse Glaser.

Segundo ele, o primeiro passo para combater a pedofilia "é alertar os pais e professores que a internet não é um brinquedo sem perigo".

O promotor do Ministério Público do Estado de São Paulo, José Carlos Guillem Blat, que também participou da audiência sugeriu a criação de uma delegacia especializada em casos de criança e adolescentes nos moldes das delegacias de atendimento à mulher. "Na Assembléia Legislativa de São Paulo há um projeto de lei para criar uma promotoria de Direitos Humanos", fala.

O delegado civil Ricardo Guanaes Dominguez concordou com a opinião do promotor: "O policial não está preparado para conduzir investigaçõs deste tipo. Tive que interrogar crianças acompanhado de uma psicóloga", conta Ricardo Guanaes Domingues, que investigou uma rede de pedofiilia em maio deste ano.

Para o deputado José Bruno (DEM), que propôs a audiência, o melhor instrumento de combate à pedofilia é a informação. "É preciso alertar a sociedade inteira que o problema existe, deixando todos atentos", afirmou

veja também