MENU

Bruno e Macarrão serão ouvidos na semana que vem pela Justiça do Rio

Bruno e Macarrão serão ouvidos na semana que vem pela Justiça do Rio

Atualizado: Quarta-feira, 8 Setembro de 2010 as 4:23

A Justiça do Rio marcou para o próximo dia 17, às 13h, mais uma audiência do processo a que o goleiro Bruno responde pelo sequestro de Eliza Samudio em outubro do ano passado . A informação foi confirmada pelo Tribunal de Justiça do Rio. A sessão acontecerá no Fórum de Jacarepaguá, na Zona Oeste da cidade.

Nesta audiência, Bruno e Macarrão serão interrogados. Serão ouvidas ainda sete testemunhas de defesa e deverá ser exibido um vídeo de Eliza em entrevista a um jornal, na porta da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher, onde ela prestou queixa contra o goleiro em 2009.

A defesa do goleiro listou Patrícia Amorim, Arthur Antunes de Coimbra, Paulo Victor Mileo Vidotti e Christian Chagas Tarouco entre suas testemunhas.

No último dia 26, ele e o amigo Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, participaram de uma audiência do mesmo caso, em que foram ouvidas testemunhas de acusação. Os dois estão presos no  presídio Bangu 2 .

'Testemunhas contundentes', diz promotor

O Ministério Público dispensou o quinto depoimento, de um funcionário do condomínio onde Bruno tem residência no Rio, Leandro Carlos Freitas.

“Foi tudo confirmado. As provas e os depoimentos foram contundentes e mostraram como tudo aconteceu. Eu acho que agora a defesa vai ter que inventar a roda. Não tem mais o que se dizer. Vamos fazer para que as outras audiências aconteçam logo e que este caso termine o mais rápido”.

O advogado de Bruno ironizou os depoimentos da acusação. Segundo ele, nada foi provado. Quaresma disse que achou estranho Eliza contar que foi sequestrada e só ir à delegacia no dia seguinte ao fato e não pedir ajuda à polícia.

veja também