MENU

Cabo da PM é preso no Rio acusado de associação com o tráfico

Cabo da PM é preso no Rio acusado de associação com o tráfico

Atualizado: Quinta-feira, 9 Dezembro de 2010 as 4:13

Um cabo da Polícia Militar foi preso nesta quinta-feira (9) em uma operação conjunta da Polícia Civil, Subsecretaria de Inteligência de Segurança Pública e da Delegacia de Repressão a Crimes Organizados (Draco) na Favela de Antares, em Santa Cruz, Zona Oeste do Rio. Na operação também foram detidos dois menores e foi preso um traficante.

Segundo a polícia, o PM preso facilitaria a passagem de traficantes em blitz policiais e contribuiria com transporte de armas e drogas. Ele será indiciado por associação com o tráfico.

Extorsão

Já o delegado Carlos Abreu, da Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Segurança, explica que durante as investigações ficou comprovado que o cabo da PM teria participado também de uma extorsão. Segundo Abreu, ele teria recebido cerca de R$ 10 mil para liberar um preso.

“Durante uma operação do 27º BPM (Santa Cruz), três homens foram presos, mas apenas dois foram apresentados à delegacia. O terceiro, que seria o gerente do tráfico na Favela de Antares, foi liberado pelo policial”, informou o delegado. 

Abreu disse ainda que a operação realizada nesta quinta teve como objetivo localizar criminosos que teriam saído do Conjunto de Favelas do Alemão e estariam refugiados na Favela de Antares. De acordo com as investigações, eles também teriam participado dos últimos ataques a veículos na cidade.   A operação contou com a participação de pelo menos cem policiais para cumprir 23 mandados de prisão, sendo que quatro pessoas já estavam presas.

“Essas operações vão continuar até que os integrantes dessas quadrilhas que participaram desses ataques sejam presos”, afirmou o delegado.

O delegado disse ainda que o conjunto de Antares e a Favela do Rola são abastecidos de drogas pela mesma facção que controlava as favelas do Alemão.

De acordo com o comandante do 27º batalhão (Santa Cruz), tenente-coronel Danilo Nascimento, os policiais checam informação recebida pelo Disque-Denúncia de que os traficantes Polegar e Macarrão teriam fugido do Alemão em direção à favela da Zona Oeste. Segundo a polícia, Macarrão seria o chefe do tráfico da Favela de Antares.

Outras operações na Zona Oeste

O comandante do 14º BPM (Bangu), tenente-coronel José Macedo divulgou o balanço final das operações realizadas em três favelas da Zona Oeste do Rio nesta quinta. Ao todo, dois suspeitos morreram , outros cinco foram presos, nove veículos roubados foram recuperados e foram apreendidas duas pistolas e uma granada, além de uma quantidade de drogas ainda não contabilizada.

Os policiais fizeram incursões nas favelas da Coreia, em Senador Camará, e Vila Aliança, em Bangu, para combater o tráfico de drogas e o roubo de veículos. No início da operação, houve troca de tiros.

O material e os presos foram levados para a 33ª DP (Realengo). Cerca de 40 homens participaram das ações.

Já na Vila Kennedy, policiais do 14º BPM prenderam mais dois homens. Um seria assaltante e o outro traficante da Vila Kennedy, que estava no conjunto de favelas do Alemão, na Zona Norte do Rio. Ele teria retornado à Vila Kennedy, segundo o batalhão, depois que o Alemão foi ocupado pela polícia.

veja também