MENU

Cabral lamenta morte de namorada do filho em acidente de helicóptero

Cabral lamenta morte de namorada do filho em acidente de helicóptero

Atualizado: Segunda-feira, 20 Junho de 2011 as 11

Mariana Noleto, de 20 anos, foi uma das vítimas da

queda do helicóptero (Foto: Reprodução / TV Globo)

  Horas depois de a polícia confirmar, na manhã desta segunda-feira (20), que o quinto corpo resgatado no mar de Trancoso, no sul da Bahia, onde um helicóptero caiu, é da estudante Mariana Noleto , de 20 anos, o governador do Rio, Sérgio Cabral, divulgou uma nota lamentando a morte da namorada de um de seus filhos.

Veja a nota na íntegra:

“Mariana Noleto fez parte da nossa família durante sete anos. Namorada de um dos meus filhos, Marco Antônio, ela contagiou a todos nós com a sua leveza e alegria. Estudante aplicada, filha cercada de amor e de amigos, Mariana trará sempre à lembrança todo o seu encantamento. A nossa família está triste e presta os mais profundos sentimentos à família da para sempre querida Mariana. Estendo os sentimentos e lamento às famílias dos demais passageiros do helicóptero que sofreu a queda na noite de sexta-feira, 17/6, na praia de Ponta de Itapororoca, em Porto Seguro (BA)”. O delegado Ricardo Feitosa, responsável pelas investigações sobre a queda do helicóptero foi quem confirmou que o corpo resgatado nesta madrugada é de Mariana. De acordo com a assessoria de imprensa do governador, ele e o filho saíram de Porto Seguro com destino ao Rio de Janeiro na madrugada desta segunda, assim que souberam da identificação do corpo de Mariana.

O enterro da estudante está previsto para 17h  desta segunda. Ela será velada na capela 2 do Cemitério São João Baptista, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, de acordo com informações do cemitério.

Aeronave levava sete pessoas

A jovem é uma das vítimas do acidente com um helicóptero ocorrido na noite de sexta-feira (17). A aeronave levava sete pessoas que tinham deixado o Rio para passar o fim de semana no resort do empresário Marcelo Mattoso Almeida, que pilotava o helicóptero. Duas pessoas seguem desaparecidas: Jordana Kfuri Cavendish e o empresário. Quatro corpos já foram enterrados.   Segundo o delegado, o secretário de Saúde do Rio de Janeiro, Sérgio Côrtes, fez o reconhecimento do corpo de Mariana nesta madrugada.

O delegado disse que deixou o Instituto Médico Legal (IML) por volta das 3h30 e, na ocasião, deixou os documentos prontos para a possível transferência da vítima para o Rio de Janeiro. O IML informou que o corpo da jovem foi liberado por volta das 4h desta segunda.

Resgate do corpo

O corpo da jovem foi localizado boiando no mar, pouco antes da meia noite de domingo (19) por um das equipes da Marinha que patrulhavam a região. Mergulhadores da Marinha e do Corpo de Bombeiros reiniciaram, por volta das 5h40 desta segunda, as buscas pelas duas pessoas que seguem desaparecidas. Dois navios, três lanchas e quatro mergulhadores da Marinha, além de uma lancha de apoio civil, participam do trabalho.

A Capitania dos Portos informa que as buscas têm como foco a cabine do helicóptero, que foi achada por mergulhadores no domingo. A possibilidade de remoção da aeronave ainda está sendo avaliada. O helicóptero encontra-se a 250 metros da costa e a uma profundidade de cerca de 10 metros.

Segundo o capitão Jorge Cordeiro, da Capitania dos Portos em Porto Seguro, uma das hipóteses é que os corpos estejam presos dentro do que restou da aeronave, mas relata que as “buscas têm sido complicadas porque a água está muito escura e a cabine muito danificada”.          

veja também