MENU

Cadeirinha para transportar crianças em carros vira alvo de ladrões

Cadeirinha para transportar crianças em carros vira alvo de ladrões

Atualizado: Sábado, 18 Junho de 2011 as 8:23

A fisioterapeuta Débora Rossini achou que o acessório de segurança não chamaria a atenção. Mas errou. “Eles amassaram o capô do carro pra desativar o alarme e a porta do passageiro também. Foi onde eu vi que já tinham roubado tudo”.

Há sete meses, uma resolução do Contran tornou obrigatório, em todo o país, o uso da cadeirinha para o transporte de crianças.

Dependendo da loja, um modelo chegar a custar R$ 800 e são procurados até por quem não tem carro.

Matheus Alves de Freitas ainda está pagando prestações da cadeirinha que já não tem mais. Ele tinha ido ao supermercado, acompanhado da mulher e dos filhos. Depois das compras, já no estacionamento, a família descobriu que o veículo tinha sido furtado. A polícia encontrou o carro dois dias depois, intacto, mas sem as cadeirinhas. Ele comprou mais duas, também financiadas. Mas agora, tem cuidado redobrado. “A gente vai visitar um parente, a gente tira as cadeirinhas do carro. Não deixa dentro do carro do lado de fora, na rua”, afirma.

Está crescendo o número de furtos de cadeirinhas para o transporte de crianças nos veículos em Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar (PM), é o valor do acessório que atrai os criminosos. “Eles visam a venda dessas cadeirinhas, seja por anúncios, seja por venda em lojas ou mercados que vendem produtos roubados”, diz a tenente Débora Santos.            

veja também